Combates com Boko Haram no Níger matam 5 soldados e 30 militantes islâmicos

© REUTERS / Joe PenneySoldados nigerinos ocupam posições na fronteira com a Nigéria em Diffa, Niger
Soldados nigerinos ocupam posições na fronteira com a Nigéria em Diffa, Niger - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Trinta membros do grupo terrorista islâmico Boko Haram e cinco soldados do Níger foram mortos em combates travados na região de Diffa, sudeste do país, segundo informou o Ministério da Defesa nigerino na noite desta terça-feira (13).

Soldados nigerianos em uma remota cidade no estado de Borno, nordeste do país. - Sputnik Brasil
Ataque do Boko Haram deixa cinco mortos na Nigéria
O confronto, segundo a pasta, aconteceu na segunda-feira (12) perto do vilarejo de Toumour, perto do lago Chade e da fronteira nigeriana, áreas que estão há tempos sob estado de emergência devido à violência do grupo militante islâmico. 

O Boko Haram tomou o controle sobre a cidade de Bosso, também na região de Diffa, no início de junho, em um ataque que matou 32 soldados e foi o mais letal dos jihadistas no Níger desde abril de 2015. Desde então, o Chade enviou tropas para ajudar o Níger a travar um contra-ataque.

Em junho de 2015, o grupo militante jurou fidelidade ao Daesh, também conhecido como Estado Islâmico. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала