Berlim defende cooperação da OTAN com a Rússia para o controle de armas

© AFP 2022 / ODD ANDERSENFrank-Walter Steinmeier, Ministro das Relações Exteriores da Alemanha
Frank-Walter Steinmeier, Ministro das Relações Exteriores da Alemanha - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A OTAN deveria estabelecer uma cooperação com a Rússia em matéria de controle da proliferação de armas, afirmou nesta terça-feira (13) o ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier.

"Teria sido desejável cooperar com a Rússia sobre a questão do monitoramento de armas com base em acordos existentes ou naqueles que expiram (…). A filosofia da OTAN sempre foi baseada em dois pilares. Um deles é o nosso esforço de defesa, mas há outro. Trata-se da participação ou prontidão para o diálogo", disse Steinmeier, em reunião com os chanceleres dos países bálticos.

Panorama da ilha sueca de Gotlândia - Sputnik Brasil
Suécia recomendada a aderir à OTAN para não deixar à Rússia 'alugar' Gotlândia
Desde a eclosão da crise ucraniana, em 2014, a aliança militar ocidental tem fortalecido ainda mais sua presença militar na Europa, particularmente nos Estados do Leste Europeu, alegando uma suposta necessidade de defender a região de uma “ameaça” da Rússia. Apesar dos reiterados esclarecimentos de Moscou a respeito de sua não intervenção no conflito ucraniano, o país também tem sido alvo das sanções econômicas do Ocidente.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала