ONU espera que acordo entre Rússia e EUA facilite regulação da crise na Síria

© AFP 2022 / Dieter NaglMinistro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, secretário de Estados dos EUA, John Kerry, e enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura
Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, secretário de Estados dos EUA, John Kerry, e enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O enviado especial da ONU para a Síria, Staffa de Mistura, se pronunciou hoje (9) a respeito do novo plano acordado entre Rússia e EUA para conter a violência na Síria.

“A ONU espera que a realização de tal entendimento facilite os renovados esforços voltados para o alcance de uma solução política para o conflito [sírio] – em conformidade com o comunicado de Genebra e a resolução 2254 da ONU” – disse de Mistura durante entrevista conjunta com o chanceler russo Sergei Lavrov e o secretário de Estado dos EUA John Kerry.

Encontro de Kerry e Lavrov com o enviado da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, em Genebra - Sputnik Brasil
Rússia e EUA anunciam planos para acabar com a violência na Síria
Diante deste novo fato, o enviado especial da ONU declarou que dentro de poucos dias fará uma visita a Nova York para a realizar consultas com o secretário-geral das Nações Unidas Ban Ki-moon sobre a retomada das conversações sobre a crise síria.

Lavrov, por sua vez, declarou durante a coletiva que a Rússia também espera que a retomada do diálogo entre as portes do conflito sírio seja retomado o mais rápido que possível em Genebra.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала