Sevastopol: cidade de glórias marítimas, rica em história e com um futuro brilhante

Nos siga noTelegram

Cidade heroica e centro turístico, grande centro recreativo e científico, cidade cultural e comercial – Sevastopol é uma jóia da costa da Crimeia.

© Sputnik / Vitaliy Belousov / Abrir o banco de imagensSevastopol foi fundada pela imperatriz Catarina II da Rússia em 1783. A cidade está localizada no local onde outrora existiu a colônia grega de Quersoneso.
Sevastopol foi fundada pela imperatriz Catarina II da Rússia em 1783 - Sputnik Brasil
1/12
Sevastopol foi fundada pela imperatriz Catarina II da Rússia em 1783. A cidade está localizada no local onde outrora existiu a colônia grega de Quersoneso.
© Sputnik / Sergey MalgavkoSevastopol e a península da Crimeia em geral têm uma importante herança grega, descoberta por diversas expedições arqueológicas. As escavações continuam em andamento.
Sevastopol e a península da Crimeia em geral têm uma importante herança grega, descoberta por diversas expedições arqueológicas. As escavações continuam em andamento. - Sputnik Brasil
2/12
Sevastopol e a península da Crimeia em geral têm uma importante herança grega, descoberta por diversas expedições arqueológicas. As escavações continuam em andamento.
© Sputnik / Sergey Malgavko / Abrir o banco de imagensEm 1854-1855 Sevastopol resistiu aos exércitos britânico e francês durante um ano. Os aliados esperaram tomar a cidade em uma semana.
Acima: Museu de História da Marinha do Mar Negro em Sevastopol.
Museu de História da Marinha do Mar Negro em Sevastopol - Sputnik Brasil
3/12
Em 1854-1855 Sevastopol resistiu aos exércitos britânico e francês durante um ano. Os aliados esperaram tomar a cidade em uma semana.
Acima: Museu de História da Marinha do Mar Negro em Sevastopol.
© Sputnik / Vasiliy Batanov / Abrir o banco de imagensOs EUA foram a única grande nação que permaneceu amigável em relação ao Império Russo durante esse conflito. Voluntários e cirurgiões americanos ajudaram os defensores russos de Sevastopol.
Acima: Regata da Escola Naval Nakhimov, que coincide com o 233º aniversário da Marinha do Mar Negro.
Regata da Escola Naval Nakhimov, que coincide com o 233º aniversário da Marinha do Mar Negro - Sputnik Brasil
4/12
Os EUA foram a única grande nação que permaneceu amigável em relação ao Império Russo durante esse conflito. Voluntários e cirurgiões americanos ajudaram os defensores russos de Sevastopol.
Acima: Regata da Escola Naval Nakhimov, que coincide com o 233º aniversário da Marinha do Mar Negro.
© Sputnik / Sergey MalgavkoNo século 19, Sevastopol tinha três fazendas de ostras. Seus produtos estavam ao nível dos franceses e italianos. Para entregá-los à família real, a Rússia construiu seu primeiro carro frigorífico.
Acima: um jovem pratica skate na marginal Kornilov em Sevastopol.
Um jovem pratica skate na marginal Kornilov em Sevastopol - Sputnik Brasil
5/12
No século 19, Sevastopol tinha três fazendas de ostras. Seus produtos estavam ao nível dos franceses e italianos. Para entregá-los à família real, a Rússia construiu seu primeiro carro frigorífico.
Acima: um jovem pratica skate na marginal Kornilov em Sevastopol.
© Sputnik / Sergey MalgavkoSevastopol possui o aqueduto mais antigo da Crimeia, construído na década 40 do século 19.
Acima: a ponte Dragão para pedestres no Bulevar Primorsky, em Sevastopol.
A ponte Dragão para pedestres no Bulevar Primorsky, em Sevastopol - Sputnik Brasil
6/12
Sevastopol possui o aqueduto mais antigo da Crimeia, construído na década 40 do século 19.
Acima: a ponte Dragão para pedestres no Bulevar Primorsky, em Sevastopol.
© Sputnik / Sergey MalgavkoEm 1893 Sevastopol tinha seu próprio serviço postal por meio de pombos. O departamento incluia cinco funcionários e 250 aves.
Uma menina na marginal em Sevastopol - Sputnik Brasil
7/12
Em 1893 Sevastopol tinha seu próprio serviço postal por meio de pombos. O departamento incluia cinco funcionários e 250 aves.
© Sputnik / Sergey Malgavko / Abrir o banco de imagensSevastopol tem o farol mais alto na Comunidade de Estados Independentes, que se eleva a uns colossais 186 metros acima do nível do mar.
Acima: um relógio de sol na marginal em Sevastopol.
Um relógio de sol na marginal em Sevastopol - Sputnik Brasil
8/12
Sevastopol tem o farol mais alto na Comunidade de Estados Independentes, que se eleva a uns colossais 186 metros acima do nível do mar.
Acima: um relógio de sol na marginal em Sevastopol.
© Sputnik / Sergey Malgavko / Abrir o banco de imagensEm 1899, em Sevastopol, o engenheiro russo Alexander Popov estabeleceu, pela primeira vez na história, a comunicação por rádio entre navios militares.
Acima: Turistas na praça em frente à Casa da Infância e Juventude (antiga Casa dos Pioneiros) em Sevastopol.
Turistas na praça em frente à Casa da Infância e Juventude (antiga Casa dos Pioneiros) em Sevastopol. - Sputnik Brasil
9/12
Em 1899, em Sevastopol, o engenheiro russo Alexander Popov estabeleceu, pela primeira vez na história, a comunicação por rádio entre navios militares.
Acima: Turistas na praça em frente à Casa da Infância e Juventude (antiga Casa dos Pioneiros) em Sevastopol.
© Sputnik / Vladimir Sergeev / Abrir o banco de imagensEm 1941-1942 a cidade resistiu às forças nazistas durante 250 dias. Sevastopol foi declarada cidade heróica, junto com Leninegrado (agora São Petersburgo), Stalingrado (hoje Volgogrado) e Odessa.
Acima: Turistas e moradores locais se banham perto do monumento aos navios afundados em Sevastopol.
Turistas e moradores locais se banham perto do monumento aos navios afundados em Sevastopol - Sputnik Brasil
10/12
Em 1941-1942 a cidade resistiu às forças nazistas durante 250 dias. Sevastopol foi declarada cidade heróica, junto com Leninegrado (agora São Petersburgo), Stalingrado (hoje Volgogrado) e Odessa.
Acima: Turistas e moradores locais se banham perto do monumento aos navios afundados em Sevastopol.
© Sputnik / Sergey MalgavkoEm 1965 Sevastopol hospedou o primeiro centro da União Soviética para treinar golfinhos destinados a missões militares. O treinamento foi cancelado após o colapso da URSS, tendo sido reiniciado em 2014.
Acima: o Delfinário e a Casa da Infância e Juventude.
O Delfinário e a Casa da Infância e Juventude em Sevastopol - Sputnik Brasil
11/12
Em 1965 Sevastopol hospedou o primeiro centro da União Soviética para treinar golfinhos destinados a missões militares. O treinamento foi cancelado após o colapso da URSS, tendo sido reiniciado em 2014.
Acima: o Delfinário e a Casa da Infância e Juventude.
© Sputnik / Sergey MalgavkoExiste até um asteroide com o nome da cidade, descoberto pela astrônoma soviética Tamara Smirnova em 27 de junho de 1971.
Turistas na marginal em Sevastopol - Sputnik Brasil
12/12
Existe até um asteroide com o nome da cidade, descoberto pela astrônoma soviética Tamara Smirnova em 27 de junho de 1971.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала