Japão está pronto para cooperar com Rússia, apesar da disputa pelas Ilhas Curilas

© SputnikIlhas Curilas
Ilhas Curilas - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Governo do Japão busca desenvolver cooperação multilateral com a Rússia, antes de obter progresso na resolução do problema territorial entre países, comunica agência Kyodo.

Rocks off Shikotan Island, aka Spanberg or Sikotan, in the Kurils - Sputnik Brasil
Rússia equipa ilhas Curilas com novo sistema de segurança
Segundo a agência, percebe-se que o Japão está disposto a abandonar sua posição, que dificultava a resolução de problemas na busca pela cooperação entre eles, devido à disputa pelas Ilhas Curilas. 

"Dadas as condições, quando é percebida uma falta de progresso na resolução de problema territorial, é necessário corrigir a posição atual", comunicou fonte do governo do Japão, citado pela Kyodo

Esse é o principal ponto da "nova abordagem" das negociações bilaterais, que foi mencionado após o encontro de Abe e Putin em maio. 

Guarda costeira japonesa usa canhões de agua na disputa territorial de Senkaku - Sputnik Brasil
Disputas territoriais podem frear cooperação entre Rússia, China e Japão?
As diretrizes da cooperação serão discutidas no início de setembro durante fórum econômico em Vladivostok, comunica a agência. 

"Varias empresas (do Japão) estão prontas para iniciar o trabalho já neste ano", informou Kyodo. 

A base dos oito pontos, propostos por Abe, baseia-se no desenvolvimento do Extremo Oriente e também na cooperação técnica com a Rússia que buscam intensificar as capacidades produtivas no domínio de petróleo e gás e no desenvolvimento dos centros médicos com a introdução de tecnologias avançadas.

Entretanto, Tóquio receia que as iniciativas direcionadas a reestabelecer o diálogo com a Rússia, possa adiar, ao mesmo tempo, a regularização da questão das Ilhas Curilas.

​Disputa territorial entre Rússia e Japão está ligada à reinvindicação do Japão pelo controle das Ilhas Curilas de Iturup, Shikotan e Khabomai. De acordo com o Tratado do comércio e fronteiras de 1855, o retorno das Ilhas para o Japão era um dos pontos do tratado de acordo de paz com a Rússia. Até hoje o tratado não foi assinado pela nação russa.

​Rússia afirma que as ilhas Curilas começaram a fazer parte do território da antiga União Soviética após a Segunda Guerra Mundial, sendo assim, a soberania russa nas Ilhas não pode ser questionada. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала