Partes do conflito na Ucrânia chegam a acordo de cessar-fogo

© AFP 2022 / ALEXANDER KHUDOTEPLYSoldados ucranianos sobre o veículo blindado no Leste da Ucrânia
Soldados ucranianos sobre o veículo blindado no Leste da Ucrânia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As partes do conflito no leste da Ucrânia chegaram ao acordo de cessar-fogo a partir de 1 de setembro, informou Yuri Tandit, conselheiro do Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU).

A declaração foi feita após reunião do subgrupo humanitário do grupo de contato trilateral na sexta-feira (26).

"Hoje a questão do cessar-fogo foi discutida na presença de um representante da OSCE [Organização para a Segurança e Cooperação na Europa] pela iniciativa do presidente ucraniano Pyotr Poroshenko, que se refere singularmente ao dia 1 de setembro… Esperamos que o processo seja iniciado no dia 1 de setembro, nós soubemos que várias áreas de Donetsk e Lugansk nos ouviram", falou Yuri Tandit ao canal televisivo 112 Ukraina.

Presidente ucraniano Pyotr Poroshenko - Sputnik Brasil
Poroshenko acusa Putin de querer dominar toda a Ucrânia
Em fevereiro de 2015, as partes do conflito chegaram a um acordo de cessar-fogo após as negociações entre os líderes da Rússia, Alemanha, França e Ucrânia em Minsk, capital da Bielorrússia. O acordo estipula um cessar-fogo total, a retirada de armas da linha de contato no leste da Ucrânia, entre outras condições, que beneficiariam as autoproclamadas repúblicas populares de Donetsk e Lugansk.

Em abril de 2014, Kiev iniciou uma operação militar nas províncias ucranianas de Donetsk e Lugansk para apagar os focos de indignação acarretada pela mudança violenta de poder ocorrida em fevereiro do mesmo ano. A ONU registra cerca de 9.400 mortes e 21.500 feridos como resultado do conflito.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала