EUA voltam a alertar Rússia para aproximações perigosas com navios americanos

© REUTERS / Marinha dos EUA/ReutersA foto da Marinha dos EUA mostra o que parece ser um avião militar russo voando muito próximo do destroier americano USS Donald Cook.
A foto da Marinha dos EUA mostra o que parece ser um avião militar russo voando muito próximo do destroier americano USS Donald Cook. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os aviões das Forças Aero-Espaciais da Rússia “pode e deve” agir melhor durante aproximações com navios militares americanos, declarou nesta quarta-feira (17) a ministra da Força Aérea dos EUA Deborah Lee James.

“Pilotos militares profissionais não fazem manobras sobre aviões de espionagem. Eles não sobrevoam a baixa altitude navios que encontram-se em águas internacionais. A Rússia pode e deve fazer isso tudo de forma melhor” – disse a ministra durante uma entrevista coletiva para imprensa estrangeira em Nova York.

Grupo de pilotagem Russkiye Vityazi, caças Su-27 - Sputnik Brasil
Rússia e EUA fazem consultas para evitar incidentes entre seus aviões e navios militares
Os EUA têm acusado a Rússia de permitir que seus caças realizem aproximações perigosas de aviões ou navios americanos. Em um desses incidentes, em 13 de abril, Washington alertou um caça russo Su-24 de ter sobrevoado o destróier Donald Cook no mar Báltico. O Pentágono classificou a manobra como uma "simulação de ataque".

O Ministério da Rússia, por sua vez, garante que todos seus voos militares são realizados em estrita conformidade com as normas internacional de uso do espaço aéreo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала