Poroshenko ameaça declarar lei marcial na Ucrânia

© Sputnik / Nikolai Lazarenko / Abrir o banco de imagensPyotr Poroshenko em cockpit do Su-27
Pyotr Poroshenko em cockpit do Su-27 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, disse que não descarta declarar lei marcial no país e anunciar mobilização geral do exército, no caso da escalada do conflito em Donbass, na fronteira com Crimeia.

Reunião entre Merkel, Hollande e Poroshenko - Sputnik Brasil
Hollande, Merkel e Poroshenko: a solução para crise em Donbass deve ser política
O Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) informou, na quarta-feria passada, ter interceptado ataques terroristas, organizados pelo ministério da Defesa da Ucrânia, que visavam atingir infraestrutura na Crimeia. FSB conseguiu liquidar uma rede de agente do serviço de inteligência do ministério da defesa da Ucrânia e deteve cidadãos ucranianos e russos envolvidos em atividades terroristas. Agentes russos morreram durante as operações.

“Infelizmente, o aumento das tensões no leste e na Crimeia não exclui um cenário no qual, em caso da escalação do conflito, teremos de declarar lei marcial e anunciar a mobilização (militar)”, disse Poroshenko nesta quinta-feira, durante uma visita à região de Lvov. 

Em abril de 2014, Kiev iniciou uma operação militar contra as autoproclamadas repúblicas de Donetsk e Lugansk, que declararam independência após o golpe de Estado, ocorrido na Ucrânia em fevereiro do mesmo ano. 

Segundo os dados da ONU, o conflito no leste da Ucrânia já provocou a morte de mais de 9.500 pessoas e deixou mais de 22 mil feridos. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала