Caçadores de tesouro relançam busca pelo 'trem do ouro' nazista na Polônia

© AFP 2022 / JANEK SKARZYNSKIO castelo de Ksiaz, sob o qual o "trem de ouro nazista" supostamente estava escondido em Walbrzych, Polônia.
O castelo de Ksiaz, sob o qual o trem de ouro nazista supostamente estava escondido em Walbrzych, Polônia. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Caçadores de tesouros relançaram nesta sexta-feira (12) a busca pelo lendário "trem do ouro" nazista, perdido há 70 anos, supostamente carregado com pilhagens de guerra e enterrado no sudoeste da Polônia.

"O trem não é uma agulha num palheiro, se ele está lá, vamos encontrá-lo", disse o porta-voz do projeto, Andrzej Gaik, à AFP.

A história provocou um frenesi na mídia mundial em agosto do ano passado, quando dois homens afirmaram ter descoberto o trem blindado usando um radar de penetração no solo perto da cidade de Walbrzych.

Na época, o polonês Piotr Koper e o alemão Andreas Richter disseram que haviam descoberto vários vagões medindo um total de 98 metros que teriam sido enterrados a cerca de oito a nove metros no subsolo.

Eles disseram acreditar que as cargas escondidas consistiam principalmente de protótipos de armas, embora o folclore local mencione obras de arte, jóias e ouro roubados pelos nazistas.

Segundo reza a lenda, os nazistas fizeram prisioneiros de guerra cavar uma rede de túneis na região, e alguns locais afirmam que os alemães tentaram esconder o ouro ali quando o Exército Vermelho da Rússia começou a fechar o cerco sobre eles.

Tanque soviético em Charlottenburg, abril-maio de 1945 - Sputnik Brasil
Americanos e europeus ignoram papel da União Soviética na Vitória sobre o nazismo
No entanto, até agora houve poucos indícios reais para sustentar a história. Geólogos da prestigiada Universidade AGH de Ciência e Tecnologia de Cracóvia, por exemplo, não conseguiram encontrar nenhuma evidência da existência do trem durante pesquisas realizadas em dezembro.

O entusiasmo dos caçadores de tesouro, apesar disso, continua firme.

"Mesmo se encontrarmos um túnel, isso também vai ser um sucesso. O trem poderia estar escondido nele", disse Gaik à AFP nesta sexta-feira.

Koper, por sua vez, disse esperar ter respostas dentro de uma semana.

​"Tudo deverá ficar mais claro até quinta-feira" da próxima semana, disse ele à emissora polonesa TVP.

A equipe começou a limpar a vegetação da área de buscas, e Koper informou que iria varrer a área com um radar de penetração no solo na segunda-feira, antes da chegada de escavadores na terça.

"Vamos cavar seis metros em três áreas ao longo de um trecho de 100 metros das antigas vias férreas", disse Gaik.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала