Erdogan acusa Gulen de minar relações entre Turquia e Rússia

© AFP 2022 / ERIC FEFERBERGPresidente russo Vladimir Putin e presidente turco Recep Tayyip Erdogan antes da cúpula do G20 em São Petersburgo, setembro de 2013
Presidente russo Vladimir Putin e presidente turco Recep Tayyip Erdogan antes da cúpula do G20 em São Petersburgo, setembro de 2013 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A organização liderada pelo clérigo muçulmano Fethullah Gulen, acusado por Ancara de orquestrar a tentativa de golpe militar no último dia 15 de julho, tem feito esforços para minar as relações entre Turquia e Rússia, segundo afirmou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, em encontro com Vladimir Putin nesta terça (9).

Líder russo Vladimir Putin e presidente turco Recep Tayyip Erdogan antes da reunião bilateral em São Petersburgo, Rússia, 9 de agosto de 2016 - Sputnik Brasil
Putin e Erdogan realizam entrevista coletiva após encontro bilateral (VÍDEO)
"Hoje entendemos ainda mais claramente que a organização terrorista de Fethullah [Gulen] e os poderes por trás dele vêm minando as nossas relações com vocês [a Rússia]", disse Erdogan em uma reunião com o presidente russo e com representantes empresariais dos dois países.

A Turquia acusa o clérigo e seus seguidores de organizar a tentativa de golpe que custou a vida de mais de 240 pessoas, segundo dados oficiais. Gulen, que vive no estado da Pensilvânia, EUA, desde 1999, nega todas as acusações. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала