Embaixador alemão convocado a ministério turco após proibição de intervenção de Erdogan

© REUTERS / Thilo SchmuelgenComício em Colônia em apoio das autoridades turcas, no domingo
Comício em Colônia em apoio das autoridades turcas, no domingo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O embaixador alemão em Ancara foi convocado ao Ministério turco das Relações Exteriores devido à decisão de um tribunal alemão de proibir a transmissão da intervenção do presidente turco Recep Tayyip Erdogan em uma manifestação em Colónia contra o golpe, informa a agência DPA na segunda-feira.

Manifestantes em Ancara demonstram apoio ao governo em frente a um telão com o retrato do presidente Recep Tayyip Erdogan, Turquia, 17 de julho de 2016 - Sputnik Brasil
Erdogan é proibido de discursar na Alemanha
O Tribunal Constitucional Federal da Alemanha havia imposto a proibição da transmissão do apelo de Erdogan durante um comício em Colônia em apoio das autoridades turcas, no domingo. Uma decisão semelhante foi tomada pelo Tribunal Administrativo Superior em Münster, de acordo com a qual a organização de transmissões do exterior ao vivo contradiz a lei alemã sobre as manifestações.

​Um porta-voz do líder turco Ibrahim Kalyn disse que a Turquia considerou inaceitável a proibição.

O ministro da Justiça turco Bekir Bozdag notou no seu Twitter que a proibição foi ilegal, e é uma “vergonha” para a democracia alemã. Ele acrescentou, que de agora em diante críticos alemães sobre democracia, estado da lei e direitos humanos na Turquia serão inaceitável.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала