Putin: Medalhas dos Jogos Rio 2016 serão 'desvalorizadas'

© Sputnik / Aleksey Nikolskyi / Abrir o banco de imagensPresidente russo Vladimir Putin (esquerda) e presidente do COI,Thomas Bach (foto de arquivo)
Presidente russo Vladimir Putin (esquerda) e presidente do COI,Thomas Bach (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A ausência de algumas estrelas russas nos Jogos Olímpicos do Rio vai comprometer a qualidade da competição. É o que afirmou o presidente da Rússia, Vladimir Putin, nesta quarta-feira (27).

Porta-bandeira da seleção da Rússia: campeã olímpica de nado sincronizado, Natalya Ishchenko, durante a cerimônia de abertura do XVI Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos em Kazan - Sputnik Brasil
Quais atletas russos poderão competir nos Jogos Olímpicos do Rio?
"Os outros esportistas entendem que a qualidade de suas medalhas será diferente", disse ele aos competidores russos autorizados pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) a participar das Olimpíadas deste ano, que, segundo Putin, serão “menos espetaculares”.

A declaração foi feita durante uma cerimônia no Kremlin dedicada à equipe russa que viaja em breve para o Brasil. 

​Recentemente, diversos esportistas russos foram banidos dos Jogos Rio 2016 devido a acusações de doping. Sobre o assunto, Putin defendeu a criação de requisitos internacionais únicos para o controle de doping, afirmando que tanto os atletas quanto os fãs devem ter livre acesso a esse tipo de informação.

"Acreditamos que, a fim de lutar eficazmente e não seletivamente contra o doping, exigências internacionais comuns para o controle de doping devem ser desenvolvidas. E, claro, os atletas e os fãs devem ter acesso livre aos resultados das inspeções", disse o presidente russo.

Aleksandr Zhukov, presidente do Executivo do Comitê Olímpico da Rússia, após uma sessão em Moscou - Sputnik Brasil
COI estabelece parâmetros mais rígidos aos atletas russos, do que aos de outros países
O chefe de Estado assinalou ainda que a recém-criada Comissão Anti-Doping liderada por Vitaly Smirnov iria trabalhar em estreita colaboração e de forma transparente com as organizações internacionais.

"Temos a intenção de levar à justiça todos os envolvidos em escândalos de doping, independentemente da classificação e do mérito, mas o mais importante é criar um sistema positivo de prevenção do doping no esporte, em conformidade com o plano nacional antidopagem, cujo desenvolvimento, como vocês sabem, já começou", informou Putin.


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала