No México multidão indignada causa morte de prefeito índio

Nos siga noTelegram
Durante protestos de manifestantes na praça central da cidade mexicana de San Juan Chamula, foi assassinado o prefeito e outros quatro homens, dois deles funcionários públicos deste povoado indígena do estado de Chiapas, informa o portal El Financeiro.

Os moradores da cidade haviam pedido canalizar 100 milhões de pesos para apoiar os artesãos locais.

​O ataque aconteceu por volta das 12H00 GMT (09H00 horário de Brasília), quando guardas do prefeito tentavam dispersar os manifestantes; em resposta "alguns homens usaram armas de fogo", explicou em coletiva de imprensa o secretário-geral do governo de Chiapas, Juan Carlos Gómez Aranda.

Doze pessoas ficaram feridas no ataque e foram levadas a hospitais da região.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала