Turquia permanecerá na coalizão junto aos EUA para combater Daesh

© AFP 2022 / Saul LOEBBarack Obama, presidente dos EUA, e Recep Tayyip Erdogan, presidente da Turquia
Barack Obama, presidente dos EUA, e Recep Tayyip Erdogan, presidente da Turquia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo da Turquia da Turquia garantiu que a tentativa fracassada de golpe não repercutirá sobre a sua participação na luta contra o grupo extremista Daesh (Estado Islâmico), declarou nesta quinta-feira (21) o secretário de Estado dos EUA John Kerry.

O declaração se deu após uma reunião em Washington dos chefes das diplomacias e dos ministérios da Defesa de uma série de países da coalizão internacional de combate ao Daesh liderada pelos EUA.

Bandeiras da Turquia e da OTAN - Sputnik Brasil
Será que Turquia se pode tornar o maior problema para UE e OTAN?
“O ministro das Relações Exteriores da Turquia não conseguiu vir por conta da situação em seu país, mas ele enviou o seu vice, que fez fortes declarações sobre o fato de a tentativa de golpe não repercutir nas obrigações de Ancara na luta contra o Daesh” – disse Kerry aos jornalistas.

Nas suas palavras, o vice-chanceler turco destacou, durante o encontro, que Ancara “continua pretendendo ser um parceiro e um membro pleno da coalizão”.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала