Nova estrutura nuclear descoberta na Coreia do Norte

© REUTERS / KCNAMíssil balístico da Coreia do Norte
Míssil balístico da Coreia do Norte - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Peritos do Instituto de Ciência e Segurança Internacional dos EUA detectaram em imagens de satélite uma estrutura nuclear secreta no território da Coreia do Norte.

Antes não havia nenhuma informação sobre a sua existência, informou a agência Reuters referindo-se ao relatório da organização.

Segundo os pesquisadores, as autoridades da Coreia do Norte podiam ter usado esta estrutura, uma seção da fábrica que produz peças de aviação e está situada a 43 quilómetros do reator em Yonben, perto da base aérea de Penkhen, para a fabricação de centrífugas de enriquecimento de urânio. Provavelmente, Pyongyang usou esta estrutura nas fases iniciais de elaboração do programa nuclear. 

Líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, vâ lançamento de foguete (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Coreia do Norte realiza novos lançamentos de mísseis balísticos
Segundo a agência, desertores norte-coreanos afirmam que o país tem três fábricas de produção de centrífugas, cuja localização não é revelada pelas autoridades do país.
Segundo o relatório do ISIS, um funcionário não especificado informou que Pyongyang dispõe de 200 a 300 centrífugas de enriquecimento de urânio.

As informações completas sobre as estruturas nucleares da Coreia do Norte são necessárias para chegar a um acordo internacional sobre o programa nuclear do país, caso a comunidade internacional faça uma tentativa de resolver essa questão, diz o relatório.

A situação na península coreana se agravou após a realização do quarto teste de armas nucleares na Coreia do Norte em 6 de janeiro e do lançamento do satélite por meio do foguete-portador em 7 de fevereiro que, segundo Seul, pode ser usado para um ataque nuclear à distância de 12 mil quilómetros.

Lançador múltiplo de foguetes da Coreia do Norte - Sputnik Brasil
Coreia do Sul mantém 'vigilância total' à espera de teste nuclear norte-coreano
Em 2 de março o Conselho de Segurança da ONU aprovou a resolução que proíbe o fornecimento de combustível para aviação e foguetes e de todas as armas convencionais à Coreia do Norte, além de restrições consideráveis das exportações do carvão, ferro, ouro, titânio e minerais raros do país. Sanções financeiras foram aplicadas em relação aos bancos norte-coreanos. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала