- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Policial palhaço ameaça suspeito com machado

© Nelson Almeida/Governo do Estado de SP / Abrir o banco de imagensPolícia Militar de São Paulo
Polícia Militar de São Paulo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Estão circulando na internet imagens intrigantes de um policial fardado, com máscara de palhaço, ameaçando atacar um suspeito com uma machadinha e uma arma. O caso está sendo investigado pelas autoridades de São Paulo.

Em reportagem publicada nesta quinta-feira pela Ponte Jornalismo, o repórter Luís Adorno explicou que as fotos "teriam começado a ser reproduzidas por PMs em grupos restritos a policiais no WhatsApp. Depois, viralizaram em vários grupos, principalmente da zona norte da capital. A legenda utilizada por quem espalhou as imagens é: 'Tem tatuagem de palhaço, mas quando vê um na frente fica com medo'".

Polícia Militar faz operação em comunidades do Rio e da Baixada Fluminense para encontrar o criminoso Nicolas Labre Pereira de Jesus, conhecido como Fat Family, que foi resgatado por um grupo de traficantes do Hospital Municipal Souza Aguiar. - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
PM mata 5 pessoas no 3º dia de busca por traficante resgatado de hospital no Rio
De acordo com a Ponte, os investigadores acreditam que o rapaz que aparece sendo ameaçado nas imagens possa ter sido detido recentemente como suspeito de matar um policial em uma tentativa de assalto no Ipiranga no final de junho. Independente disso, o ato praticado pelo agente mascarado é considerado uma violação ao Código Penal.

"Art. 286 – incitar, publicamente, a prática de crime: pena – detenção de 3 a 6 meses ou multa. Pediremos que a Ouvidoria de Polícia abra um procedimento para identificar os policiais e apurar a conduta deles", afirmou o advogado Ariel de Castro Alves, membro do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), citado pelo site. 

Segundo uma pesquisa realizada no início do ano passado pela Polícia Militar da Bahia, também citada pela Ponte, "a maioria dos presos que tem tatuagens de palhaço tem ligação com roubo ou envolvimento em morte de policiais". Nas imagens divulgadas, não é possível ver se o suspeito ameaçado possui ou não tatuagens desse tipo. E, mesmo que possua, isso não é suficiente para justificar uma abordagem policial, como destacou o capitão Alden dos Santos, responsável pelo estudo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала