Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Putin, Merkel e Hollande expressam preocupação com violações em Donbass

© REUTERS / Maxim ZmeyevA chanceler alemã, Angela Merkel, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente da França, François Hollande
A chanceler alemã, Angela Merkel, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente da França, François Hollande - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente russo, Vladimir Putin, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente francês, François Hollande, discutiram por telefone, nesta sexta-feira, a situação no leste da Ucrânia e mostraram preocupação com o aumento nas violações ao cessar-fogo, informou o serviço de imprensa do Kremlin.

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, em encontro com o presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, em Kiev - Sputnik Brasil
EUA prometem garantir segurança durante eleições no leste da Ucrânia
Putin pediu a Hollande e Merkel que influenciem as autoridades ucranianas a implementar os acordos de paz de Minsk.

“Vladimir Putin chamou atenção para as ações provocativas das forças ucranianas no sudeste [da Ucrânia]. Com respeito a isso, o presidente russo pediu aos interlocutores que influenciem de forma mais ativa o lado ucraniano, inclusive durante os futuros contatos com [o presidente ucraniano] Pyotr Poroshenko em Varsóvia, para garantir uma implementação clara dos acordos de Minsk”, disse o serviço de imprensa após uma teleconferência entre os três líderes.

Putin, Merkel e Hollande observaram a necessidade de intensificar as conversas em formatos variados para prometer a implementação dos acordos de paz de Minsk, e concordaram em continuar as consultas com lado ucraniano em vários níveis, segundo o Kremlin.

Em fevereiro de 2015, um acordo de paz foi assinado em Minsk, capital da Bielorrússia, após conversas no formato do Quarteto da Normandia (Rússia, Ucrânia, França e Alemanha). O acordo estipula um cessar-fogo total, a retirada de armas da linha de contato no leste da Ucrânia, uma troca de prisioneiros no formato todos-por-todos e reformas constitucionais, que dariam um status especial às autoproclamadas repúblicas populares de Donetsk e Lugansk.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала