Contrabandistas obrigados a comer fezes de vaca na Índia

© AP Photo / Altaf QadriVacas adornadas
Vacas adornadas - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Dois muçulmanos foram capturados por vigilantes na periferia de Nova Deli e forçados a comer fezes de vaca.

Hindus vestidos como Senhor Krishna e Radha se reúnem durante uma Gho Puja - adoração da vaca - por ocasião da Gopal Ashtami em Jodhpur em 19 de Novembro de 2015. - Sputnik Brasil
Animal sagrado e no poder: indianos querem criar Ministério das Vacas
Os supostos contrabandistas, identificados como Rizwan e Mukhtiar, foram detidos por membros da Gau Raksha Dal (Grupo de Protetores de Vacas), em uma estrada. O líder local do grupo em Gurugram, Dharmendra Yadav, admitiu ter aplicado um castigo severo: eles foram forçados a comer "Panchgavya" (uma mistura feita de urina de vaca, estrume, leite, manteiga fervida), considerada uma mistura purificadora pelos hindus.

Na Internet apareceu um vídeo que mostra a brutalidade do incidente mas não está claro quem esteve por trás da filmagem. Na gravação, os homens, com lesões nos corpos, são mostrados sentados na estrada, presumivelmente depois de engolir as fezes e urina de vaca juntamente com uma garrafa de água.

The Hindu prays on the bank of Ganges in Allahabad, India - Sputnik Brasil
Autoridades da Índia prometem água 'santa' do rio Ganges por correios
Os vigilantes perseguiram a dupla por cerca de 7 km em seu veículo antes de pegá-la, transportando quase 700 quilos de carne bovina. É mostrada uma multidão gritando slogans como "Gau Mata Ki Jai" (Avé a vaca mãe!). O vídeo de um minuto termina abruptamente com os contrabandistas vomitando.

Os suspeitos foram então entregues à polícia, estando atualmente detidos sob custódia por suspeita de transportar ilegalmente carne de vaca.

"Nós prendemos um motorista e um ajudante, ambos estão agora sob custódia judicial. A carne em seu carro foi confirmada ser carne bovina", disse o porta-voz da polícia de Faridabad, Sube Singh.

A proibição do consumo de carne bovina causou enorme controvérsia na Índia durante os últimos dois anos, desde que o governo de direita liderado pelo primeiro-ministro Narendra Modi chegou ao poder em 2014. Em setembro de 2015, um homem muçulmano idoso foi linchado pela multidão em Dadri, por ter carne de vaca em casa, causando ondas de choque em todo o país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала