‘Ucrânia em Chamas’: filme de Oliver Stone revela ação dos EUA no conflito ucraniano

© Sputnik / Andrei Stenin / Abrir o banco de imagensA protester adds tire to the fire in Maidan square in Kiev, Ukraine, Jan 22, 2014
A protester adds tire to the fire in Maidan square in Kiev, Ukraine, Jan 22, 2014 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Famoso diretor americano continua provocando os EUA. Seu novo documentário, chamado “Ukraine on Fire” (ainda sem nome em português), promete acertar o alvo, segundo o jornal francês La Croix.

O documentário foca em uma possível implicação dos EUA e da CIA no processo revolucionário em Kiev e na guerra em Donbass. Ao mesmo tempo, o diretor nega a versão de uma “rebelião popular”, discute o que ocorreu com o presidente russo, Vladimir Putin, e o ex-presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, que acabou derrubado no processo chamado Euromaidan e atualmente refugiado na Rússia.

Além dos políticos, o filme conta com a participação do conhecido jornalista investigativo americano Robert Parry, que também investigou o caso Irã-Contra, no qual o governo americano, sob administração de Ronald Reagan, vendeu armas ao Irã e financiou o movimento de oposição na Nicarágua conhecido como Contra.

Segundo o jornal La Croix, Oliver Stone foi criticado em várias ocasiões por seu apoio às FARC e ao Kremlin. Seus documentários e filmes têm uma clara orientação anti-EUA, desde o famoso filme Platoon, sobre a Guerra do Vietnã, até o controverso JFK, que examina os eventos que levaram ao assassinato do Presidente John F. Kennedy.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала