Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Vice-presidente dos EUA confunde Assad com Saddam em ato falho na TV

© AP Photo / Vahid SalemiPresidente sírio Bashar Assad
Presidente sírio Bashar Assad - Sputnik Brasil
Nos siga no
O vice-presidente dos EUA, Joe Biden, chamou o presidente sírio, Bashar Assad, de "Saddam", em ato falho referido ao ex-presidente iraquiano Saddam Hussein, durante uma entrevista ao apresentador Charlie Rose, da PBS.

Quando Rose corrigiu Biden, o vice pediu desculpas e explicou que sua referência a Saddam havia sido um lapso freudiano.

"O que estamos falando é que estamos entrando, e estamos, peça por peça, tentando dizimar o ISIS [Daesh, também conhecido como “Estado Islâmico”] e, no processo, a Frente Al-Nusra, para que eliminemos a ameaça individual mais imediata para o interesse dos EUA", disse Biden a respeito dos esforços dos EUA na Síria. "Ao mesmo tempo, estamos continuando a trabalhar com a comunidade internacional para alcançar uma solução negociada que tire Saddam do poder", acrescentou.

Casa Branca à noite - Sputnik Brasil
EUA negam desviar recursos da luta contra Daesh para derrubar Assad
Os EUA e a maioria dos seus aliados têm apoiado a chamada oposição “moderada” da Síria, que não raro se encontra envolvida com grupos terroristas, e tem exigido a renúncia de Assad.

A Rússia, por sua vez, reconhece Assad como a autoridade legítima da Síria, e tem afirmado repetidamente que o povo sírio deve ser livre para escolher a sua liderança, sem intervenção externa.

Após a intervenção militar norte-americana que em 2003 derrubou o líder iraquiano Saddam Hussein, o Iraque tem lidado com um estado permanente de violência. Grandes áreas do país estão atualmente sob o controle do Daesh.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала