Conto de submarinos russos na Suécia – diretor alemão exige esclarecimentos

© Foto / Twitter/@jpheiSubmarino indetectado
Submarino indetectado - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um grito circulou à volta do mundo em outubro de 2014 e janeiro de 2015: foram observados submarinos russos em águas suecas! Agora, o ministro da Defesa da Suécia reconheceu numa entrevista de rádio que esses dois submarinos eram um sueco e um alemão.

Navios suecos buscando um misterioso submarino russo - Sputnik Brasil
Suécia e Finlândia inventam submarinos russos perto de ilha da Gotlândia
O escritor e diretor Dirk Pohlmann estudou centenas de incidentes com submarinos perto Suécia na década de 80. Sua análise, apresentada no documentário "A mentira — o método Reagan” (Täuschung — die Methode Reagan). Durante outra viagem à Suécia, Pohlmann descobriu que a história se repete de maneira impressionante. Tal como na Guerra Fria, os submarinos servem novamente como um meio para encenar a ameaça oriental. Diz o autor numa entrevista à Sputnik:

"A história se repete. Na década de 80, não pôde ser fornecida nenhuma prova da presença de submarinos soviéticos nas águas suecas. E o aparecimento destes submarinos deve levar ao fato de a Suécia, que acaba de participar nas manobras Anaconda, se irá tornar membro da OTAN. [A participação da] Suécia, Finlândia, Ucrânia e Geórgia — tudo isso é um ato bastante hostil para com a Rússia e que é justificado com a sua alegada agressão. Uma farsa com submarinos apenas serve como confirmação de sua agressividade".

Em Outubro de 2014 e Janeiro de 2015, a comunidade internacional ficou indignada por causa da presença de submarinos russos nas águas próximas à fronteira sueca. Agora, no entanto, o ministro da Defesa sueco disse, numa entrevista de rádio, que eram submarinos suecos e alemães. A mídia internacional não fala sobre isto, infelizmente.

Navios suecos buscando um misterioso submarino russo - Sputnik Brasil
Suécia quer minar Gotlândia temendo invasão russa
O ministro da Defesa sueco Peter Hultqvist deu uma entrevista à rádio pública sueca.

Ele declarou que sabia desde setembro de 2015 que o primeiro submarino era um submarino sueco. O segundo submarino seria, com uma probabilidade de 95%, um submarino alemão. Estes documentos antes estavam classificados de secretosNa Suécia, até agora se tem falado apenas um pouco sobre esta questão. Na mídia alemã e internacional não houve qualquer correção anterior. A Alemanha, em particular, deve ter interesse na explicação por que um submarino alemão estaria navegando em águas suecas. Se não, que esclareça que esta ação teria sido coordenada com a Marinha sueca.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала