- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Comissão do Impeachment ouviu três testemunhas nesta quarta-feira

© Pedro França/Agência SenadoComissão Especial do Impeachment no Senado Federal
Comissão Especial do Impeachment no Senado Federal - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Comissão Processante do Impeachment dispensou a última testemunha das quatro marcadas para serem ouvidas nesta quarta-feira (15), informou Agência Brasil.

Comissão do Impeachment ouve novas testemunhas de defesa no processo contra Dilma - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Comissão do Impeachment ouve novas testemunhas de defesa no processo contra Dilma
O relator, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), propôs a dispensa do consultor de Orçamento do Senado Hipólito Gadelha após questioná-los se ele tinha participado diretamente da edição dos decretos legislativos ou assinado ato que subsidiasse a edição dos decretos. O consultor respondeu que não e foi dispensado.

Antes, a comissão ouviu três pessoas arroladas pela defesa. O consultor jurídico do Ministério do Planejamento, Walter Baere, que participou da elaboração da defesa de Dilma Rousseff na primeira fase do processo, foi convidado na condição de informante e disse que o Tribunal de Contas da União (TCU) nunca fez alertas formais sobre a ilegalidade da edição de decretos de suplementação orçamentária por parte da presidenta.

Antes de Baere, os senadores ouviram o subsecretário de Orçamento e Administração do Ministério da Previdência Social, José Geraldo França Diniz, que falou sobre a complexidade do processo de liberação dos decretos de suplementação orçamentária. Segundo ele, os documentos são analisados por técnicos e a presidenta não tinha como fazer uma análise criteriosa deles.

Reunião da Comissão Especial do Impeachment no Senado - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Comissão Especial do Impeachment ouviu testemunhas de acusação contra Dilma Rousseff
Pela manhã, a comissão ouviu o depoimento do ex-secretário adjunto da Secretaria de Orçamento Federal (SOF) do Ministério do Planejamento, Cilair Rodrigues. Ele também falou sobre o processo de elaboração dos decretos e disse que não há como a presidenta ou qualquer ministro modificar os documentos depois de eles serem elaborados pelas assessorias jurídicas.

Na quinta-feira, mais cinco testemunhas devem ser ouvidas pela comissão. A reunião está marcada para as 11h.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала