Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Erdogan dá passo tímido para satisfazer Moscou

© Sputnik / Aleksei Nikolsky / Abrir o banco de imagensPresidente da Rússia Vladimir Putin e presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan, novembro de 2013
Presidente da Rússia Vladimir Putin e presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan, novembro de 2013 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, em uma carta a Vladimir Putin parabenizou os russos pelo Dia da Rússia e desejou que as relações entre Moscou e Ancara atinjam o "nível merecido", informou nesta terça (14) a agência RIA Novosti.
© REUTERS / Umit BektasPresidente da Turquia Tayyip Erdogan. 16 de março, 2016
Presidente da Turquia Tayyip Erdogan. 16 de março, 2016 - Sputnik Brasil
Presidente da Turquia Tayyip Erdogan. 16 de março, 2016

"Prezado Senhor Presidente! Em nome do povo turco quero parabenizar todos os russos pelo Dia da Rússia, bem como desejar que no futuro próximo as relações entre a Rússia e a Turquia atinjam o nível merecido", diz o texto da carta do presidente turco, divulgado pela RIA Novosti.

​O Kremlin confirmou o fato de Erdogan ter enviado a carta a Putin.

"A mensagem foi encaminhada através de canais do Ministério das Relações Exteriores", disse o porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov.

Por sua vez, o primeiro-ministro da Turquia Binali Yildirim, em uma carta ao chefe do governo russo, Dmitry Medvedev, expressou a esperança de que "no futuro a cooperação e as relações entre os dois países atinjam o nível necessário ao favorecimento dos interesses comuns de nossos povos".

"Por seu intermédio, eu desejo que aos russos bem-estar e prosperidade", escreveu Yildirim.

Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, durante a entrevista coletiva semanal, Moscou, Rússia, 25 de fevereiro de 2016 - Sputnik Brasil
Zakharova: Rússia apela à Turquia para que busque perpetradores que mataram piloto russo
As relações entre Moscou e Ancara estão em crise desde 24 de novembro de 2015. Um avião russo Su-24 foi derrubado por um caça turco em espaço aéreo sírio no mês de novembro. A Turquia alegou ter abatido a aeronave russa por esta ter violado o espaço aéreo turco. Tanto o Estado-Maior russo como o Comando de Defesa Aérea da Síria confirmaram que o bombardeiro russo nunca entrou no espaço aéreo da Turquia.

O presidente russo, Vladimir Putin, chamou o ataque de "punhalada nas costas". As autoridades de Moscou exigem uma investigação, mas o governo turco não tomou medidas firmes até agora.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала