Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA: Kerry apoiou diálogo com a oposição para superar a crise na Venezuela

© SputnikDepartamento de Estado dos EUA.
Departamento de Estado dos EUA. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O secretário de Estado, John Kerry, se reuniu nesta terça-feira com sua colega venezuelana, Delcy Rodríguez, com quem discutiu a normalização da crise política na Venezuela e para quem manifestou apoio do diálogo político entre o governo e a oposição, informou o Departamento de Estado dos EUA.

Venezuela's President Nicolas Maduro speaks during a meeting with ministers at the Miraflores Palace in Caracas, Venezuela May 12, 2016. - Sputnik Brasil
Presidente da Venezuela propõe renovar relações com EUA e fala em nomear embaixadores
“O secretário de Estado Kerry se reuniu com sua colega venezuelana, ministra de Relações Exteriores Delcy Rodríguez, em Santo Domingo (República Dominicana), às margens da Assembleia Geral da Organização dos Estado Americanos. Eles mantiveram uma discussão bilateral construtiva sobre os atuais desafios políticos, econômicos e humanitários da Venezuela”, transmitiu o comunicado as palavras do porta-voz do Departamento de Estado, Mark Toner. 

“O secretário Kerry manifestou seu apoio ao diálogo, de iniciativa do ex-primeiro-ministro espanhol José Luis Rodríguez Zapatero, do ex-presidente dominicano Leonel Fernández, e do ex-presidente panamenho Martín Torrijos, na qualidade de um importante meio de contato entre o governo e a oposição, com objetivo de estabelecer um entendimento, que permita superar a crise. Ele também destacou a importância do suporte aos procedimentos democráticos e constitucionais”, completou Toner.   

A situação na Venezuela adquiriu um caráter crítico no contexto de falta de produtos de consumo, inflação galopante e queda do faturamento estatal, provocado pela queda dos preços do petróleo. A isto se soma  a crise institucional entre os poderes executivo e legislativo, controlado pela oposição. Desse modo, Nicolás Maduro, em 18 de maio, declarou estar pronto para declarar estado de emergência para prevenir eventuais desordens públicas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала