- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Lula participa de ato político-cultural no Centro do Rio

© Ricardo Stuckert/Instituto LulaLula em ato com artistas e intelectuais no Rio de Janeiro, Abril 2016
Lula em ato com artistas e intelectuais no Rio de Janeiro, Abril 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva é esperado nesta segunda-feira (6) para discursar em ato político-cultural, na Fundição Progresso, na Lapa, no Centro do Rio, no lançamento da campanha “Se é público, é para todos”, organizada pelo Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas.

O evento, que faz parte da mobilização nacional em defesa da democracia e contra o impeachment de Dilma Rousseff, tem como objetivo envolver os brasileiros em prol do debate sobre a valorização do que é público: empresas, educação, cultura, saúde, espaços, entre outros bens e direitos, que segundo o Comitê estariam ameaçados pelo governo interino de Michel Temer.

Senadora Gleisi Hoffmann - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Gleisi Hoffmann: Estão ameaçados os direitos conquistados nos Governos Lula e Dilma

O ato começa a partir das 14h30 com uma mesa de debates, que traz como convidados  a filósofa Marcia Tiburi, o cientista político Emir Sader, o advogado e professor de direito tributário Ricardo Lodi, o economista e fundador do MST João Pedro Stédile, o geólogo e ex-diretor da Petrobras Guilherme Estrella, o secretário de Relações Internacionais e Movimentos Sociais da FUP João Antônio de Moraes. Também participam lideranças partidárias como o senador Lindbergh Farias (PT — RJ) e a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB — RJ); o presidente da Contraf – CUT Roberto von der Osten e a coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas Maria Rita Serrano. 

A participação do ex-presidente Lula acontece após os debates, no ato político-cultural, que termina com um show do grupo musical de samba Casuarina, às 21h. A entrada é gratuita.

De acordo com levantamento feito pelo Partido dos Trabalhadores, desde abril mais de 400 atos foram organizados contra o que o partido chama de golpe em curso no país. Conforme, o estudo, mais de 90 cidades no Brasil e no exterior se mobilizaram, muitos de forma espontânea, em defesa da democracia e dos direitos dos brasileiros.

 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала