Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Poroshenko reconhece que o avanço nas negociações em Donbass é quase 'nulo'

© AFP 2021 / PATRIK STOLLARZPresidente ucraniano Pyotr Poroshenko, 14 de maio de 2014
Presidente ucraniano Pyotr Poroshenko, 14 de maio de 2014 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, declarou que o progresso no processo de negociações na região de Donbass é ‘praticamente nulo’.

Segundo ele, existe um agravamento da situação operacional.

Soldados ucranianos perto de um tanque nas posições perto da cidade de Mariupol, em Donbass - Sputnik Brasil
Kiev reporta 11 ataques contra suas posições em Donbass
"Infelizmente, o progresso deste ano, em particular nas duas últimas semanas, é quase nulo em Donbass. Ao contrário, houve deterioração no ambiente operacional na região", disse Poroshenko durante uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (3).

O governo da Ucrânia iniciou em abril de 2014 uma operação militar contra as regiões de Lugansk e Donetsk, que declararam a independência após o golpe de Estado na Ucrânia, em fevereiro de 2014. Segundo os últimos dados da ONU, o conflito já causou a morte de mais de 9 mil pessoas.

O processo de resolução do conflito em Donbass vem sendo discutido nas reuniões do grupo de contato em Minsk, que desde setembro de 2014 adotou três documentos que regulam os passos de acalmar o conflito, incluindo o armistício. No entanto, após os acordos de cessar-fogo entre as partes em conflito, são constantes os relatos de violação da trégua. 


Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала