Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Mídia explica porque Erdogan não quer pedir desulpas à Rússia

© AP Photo / Francois MoriPresidente turco Recep Tayyip Erdogan na Conferência Climática em Paris, 30 de novembro de 2015
Presidente turco Recep Tayyip Erdogan na Conferência Climática em Paris, 30 de novembro de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Apesar de lamentar pelo incidente com o caça russo Su-24, que provocou a deterioração das relações entre a Rússia e a Turquia, o presidente turco Tayyip Erdogan dificilmente se retratará publicamente perante Moscou, acreditam especialistas entrevistados pela BBC.

"Se Erdogan pudesse corrigir apenas um erro de sua  política externa, ele não teria derrubado o avião russo. Ele lamenta muito por isso. Mas, levando em conta a personalidade de Erdogan, acredito que pedidos de desculpas de sua parte são muito improváveis. Isso significaria o reconhecimento de um primeiro fracasso em sua política externa" – acredita Soner Cagaptay do Instituto de Washington.

Pilotos russos ao lado de um caça Su-24 na Síria - Sputnik Brasil
Kremlin: Turquia deve pedir desculpa por abate do Su-24
A BBC caracteriza as atuais relações entre Moscou e Ancara como uma "tensão controlada". O líder turco já declarou estar preocupado com o fato de as relações entre os dois países terem sido sacrificadas por causa de um "erro de piloto", que alegadamente violou o espaço aéreo da Turquia.

Erdogan também já deixou claro que gostaria de normalizar os laços com a Rússia, apesar de, segundo ele, não entender o que a Rússia espera dele para que isso aconteça. Por sua vez, o presidente russo Vladimir Putin já declarou diversas vezes que Moscou aguarda um pedido de desculpas oficial e públicos pelo incidente por parte de Ancara.

"Parece que Ancara, provavelmente, não fará isso" – escreve o canal britânico. O artigo diz ainda que muitos especialistas também acreditam que uma retratação pública "soaria humilhante aos olhos de nacionalistas, cujo apoio é necessário para que Erdogan" consiga promover a transição entre o parlamentarismo para o presidencialismo no seu país.

Presidente turco Tayyip Erdogan em 10 de maio, 2016 - Sputnik Brasil
Erdogan disse não entender quais passos Moscou espera dele para reatar as relações
"Nem Erdogan, nem o partido no poder não podem assumir esse risco e pagar esse preço político. Nenhuma retratação poderá ser apresentada até que a discussão da troca de regime seja encerrada" – acredita o acadêmico turco Ahmet Kasim Han.

As relações entre Moscou e Ancara continuam críticas desde 24 de novembro de 2015. Nesse dia, um avião russo Su-24 foi derrubado por um caça turco no espaço aéreo sírio. A Turquia alegou ter abatido a aeronave russa por esta ter violado o espaço aéreo turco. Tanto o Estado-Maior russo como o Comando de Defesa Aérea da Síria confirmaram que o bombardeiro russo nunca tinha entrado no espaço aéreo da Turquia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала