Presos de Guantánamo submetidos a tortura mental no Campo 7

© East News / Tech. Sgt. Michael R. HolzworthPrisão de Guantánamo
Prisão de Guantánamo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O detido somaliano Guleed Hassan Dourad disse que tinha sido diariamente objeto de tortura mental na sua cela desde que foi transferido para o Campo 7.

Ele testemunhou este fato perante uma comissão militar na base militar nesta quinta-feira (2).

"Eu experimentei ruídos, cheiros e vibrações [na cela]… Foi isso que me fez vir aqui [ao tribunal] para testemunhar que existe tortura mental no Campo 7", disse Guleed.

As autoridades dos Estados Unidos transferiram Guleed para o Campo 7 em 2006 a partir de outro local no centro de detenção da Baía de Guantánamo.

Visita do presidente dos EUA, Barack Obama, à Cuba. - Sputnik Brasil
Obama recusa discutir questão do fechamento de Guantánamo com Cuba
Guleed explicou que tinha experimentado tortura mental em sua cela diariamente desde 2009. Ele observou que tinha parado de reclamar porque o comandante da guarda ignorou seus protestos ou aumentava a tortura depois de ele reclamar.

Guleed testemunhou que outros presos de Guantánamo, incluindo os alegados responsáveis pelo 11 de setembro Ramzi bin al-Shibh e Abu Zubaydah, foram torturados de mesmo modo.

Prisão de Guantánamo - Sputnik Brasil
Senadores dos EUA querem levar militantes do Daesh para Guantánamo
Os advogados de bin al-Shibh tinham solicitado a Guleed que testemunhasse para provar que as queixas de seus clientes tinham fundamento. Os procuradores acreditam que bin al-Shibh inventa ou imagina as vibrações.

O governo dos EUA nunca tinha acusado Guleed de qualquer crime. Na quinta-feira, ele testemunhou que não teve acesso a advogado desde que foi levado sob custódia dos EUA em 2004.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала