Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Opinião: em breve Snowden será reconhecido como herói nacional nos EUA

© Youtube/animalnewyorkBusto de Edward Snowden criado por artistas anônimos em Nova York
Busto de Edward Snowden criado por artistas anônimos em Nova York - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os EUA mudam com tanta frequência a sua posição sobre as atividades do ex-agente da NSA, Edward Snowden, que em breve ele poderá ser declarado herói nacional, talvez logo após a eleição do novo presidente, disse o vice-presidente do comitê de segurança e combate à corrupção do parlamento russo, Dmitry Govortsov.

Edward Snowden, ex-agente da inteligência norte-americana - Sputnik Brasil
Ex-procurador-geral estadunidense: ‘Snowden fez um favor à sociedade’
Nesta segunda-feira, o ex-ministro da justiça dos EUA, Eric Holder, deve se apresentar à justiça norte-americana, apesar de ter feito "um favora à sociedade, levantando uma onda de debates que levou à mudanças, que foram implementadas".

"Os americanos, nos últimos anos, mudam de posição com frequência. A relação ao Snowden é um exemplo claro disso. Tudo muda de modo muito rápido. Acho que, em pouco tempo, Snowden será um herói nacional", disse Govortsov para agência Sputnik. 

Segundo o parlamentar, as revelações de Snowden "foram uma grande contribuição para a sociedade americana".

"Acredito que o futuro presidente da América, neste outono, fará dele um herói nacional. Eu saudaria tal decisão. Será um estandarte à sociedade civil e uma vitória do bom senso contra a mentira e as provocações."  

Em junho de 2013, Edward Snowden encaminhou aos jornais Washington Post e The Guardian uma série de materiais confidenciais sobre os programas de vigilância na Internet dos EUA e os serviços secretos do Reino Unido. Segundo estes dados, os serviços secretos norte-americanos, além de realizar escutas de potenciais terroristas e criminosos, também espionaram os dirigentes de diversos países.

Ainda em 2013, Rússia ofereceu asilo temporário ao Snowden. Em agosto de 2014, as autoridades renovaram sua permissão para ficar no país por mais três anos e concederam ao ex-agente da NSA um visto de residência que permite seu deslocamento pelo país, viagens ao exterior e opção pela nacionalidade russa após cinco anos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала