Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

ONU: 600 mil civis vivem sitiados na Síria

© Sputnik / Mikhail Voskresensky / Abrir o banco de imagensSoldados do Exército governamental e milícias da Síria nos arredores de Al Qaryatayn, na província de Homs, Síria, 3 de abril de 2016
Soldados do Exército governamental e milícias da Síria nos arredores de Al Qaryatayn, na província de Homs, Síria, 3 de abril de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O número de cidadãos sírios vivendo sitiados cresceu em mais de 75 mil, chegando a 592.700, a pior marca dos últimos cinco anos, segundo informou Stephen O'Brien, subsecretário-geral da ONU para questões humanitárias, nesta sexta-feira, 27.

Em declarações para o Conselho de Segurança das Nações Unidas, O'Brien disse que o uso do cerco e da fome como armas de guerra é algo repreensível e deve parar imediatamente. 

"Hoje, 592.700 pessoas estão vivendo em áreas cercadas por conta da apavorante e deteriorante situação em Al Wa'er", disse o subsecretário.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала