Imprensa: ‘sem direitos na Turquia’!

© AFP 2022 / OZAN KOSEParticipantes do protesto contra censura na mídia turca, Istambul, Turquia, 27 de novembro de 2015
Participantes do protesto contra censura na mídia turca, Istambul, Turquia, 27 de novembro de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os meios de comunicação na Turquia sentem imensa pressão por parte das autoridades após a decisão do ministro da Justiça de abrir processo judicial contra o apresentador do canal televisivo Flash TV Mustafa Yenigun.

O jornalista é acusado de violar o artigo № 30 do Código Penal turco "por insultar o Estado". Isto teria acontecido em julho do ano passado, durante uma conversa sobre a realização do projeto Via Verde (Green way, em inglês), que deveria ajudar a Turquia aumentar o potencial turístico da costa do mar Negro, quando Yenigun criticou abertamente as ações governamentais de execução dos projetos, que, de acordo com o jornalista," causa danos ao meio ambiente e a população da região".

© Sputnik / Vitaly PodvitskyLiberdade da imprensa na Turquia
Liberdade da imprensa na Turquia - Sputnik Brasil
Liberdade da imprensa na Turquia

“Fiquei muito decepcionado e surpreendido que a decisão de abertura de processo foi aprovado pessoalmente pelo ministro da Justiça. Isto significa que o senhor ministro considera que é possível iniciar uma investigação sobre o meu direito da liberdade de expressão garantida pela Constituição do país. E não só iniciar uma investigação, mas, se é necessário, me condenar por usar deste direito”, afirmou o jornalista em uma entrevista à agência Sputnik, comentando a decisão das autoridades turcas da abertura do processo contra ele.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала