Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Dieta com sal reduzido já passou à história!

© AP Photo / Invision/Evan AgostiniModelo brasileira Adriana Lima no desfile apresenta as asas do anjo
Modelo brasileira Adriana Lima no desfile apresenta as asas do anjo - Sputnik Brasil
Nos siga no
Reduzir muito a quantidade de sal não é bom para a saúde e em alguns casos, tal dieta leva a um aumento do risco de morte por doenças cardíacas, diz um artigo publicado no jornal Lancet.

“Consumo de sal moderado reduz ligeiramente a pressão arterial, mas leva a uma série de outros efeitos, incluindo o aumento do nível de certos hormônios, oque muitas vezes supera os efeitos positivos da queda de pressão. Isto é uma notícia muito importante para as pessoas que sofrem de hipertensão", diz Andrew Mente da Universidade McMaster em Hamilton (Canadá).

Após polêmica, Ricardo Barros afirma 'SUS é um direito garantido' - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Após polêmica, Ministro da Saúde afirma: 'SUS é um direito garantido'
Mente e seus colegas chegaram a essa conclusão observando a saúde de mais de 130 mil pessoas de 49 países que participaram este projeto, realizado na Universidade de McMaster. No quadro da pesquisa os cientistas s recolheram regularmente as amostras de sangue dos participantes e dados sobre a sua dieta, maus hábitos, doenças e outros aspetos que afetam a saúde e a esperança de vida.

Os cientistas estavam interessados na forma como o corpo reage às dietas populares de hoje, que dão conselhos de minimizar a quantidade de sal na nossa comida, especialmente para pessoas que sofrem de pressão alta e outros problemas cardíacos.

via GIPHY

Depois de analisar as mudanças no estado de saúde dos participantes do experimento e a taxa de mortalidade, os autores concluíram que uma dieta com sal reduzido não traz quaisquer vantagens para o corpo, especialmente se a pessoa não sofre de hipertensão.

Ricardo Barros, ministro interino da Saúde - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Ministro interino da Saúde defende corte no SUS e revisão de direitos universais
Além disso, Andrew Mente e os seus colegas descobriram que há um limite — cerca de três gramas de sal por dia – abaixo do qual a redução de sal na dieta começa a afetar negativamente a saúde do organismo, incluindo o sistema cardíaco. Os participantes da pesquisa que ingeriam cerca de dois gramas de sal por dia foram mais propensos a morrer de ataques cardíacos, comparando com outras pessoas que comem normalmente.

Segundo os cientistas, há apenas duas categorias de pessoas para as quais essa dieta é útil – pessoas com pressão arterial elevada e aquelas que inicialmente consomem mais de quatro gramas de sal por dia, que é o padrão atual na opinião da maioria dos serviços de saúde no mundo. Portanto, podemos dizer que a dieta sem sal ou com uma quantidade mínima é inútil e até prejudicial para a maioria das pessoas no planeta.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала