Obama apoia a prorrogação das sanções contra a Rússia

© Sputnik / Sergei Guneev/POOL / Abrir o banco de imagensO encontro de Putin e Obama, 28 de setembro de 2016
O encontro de Putin e Obama, 28 de setembro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os EUA e os países do norte da Europa concordam que as sanções contra a Rússia devem ser prorrogadas, declarou nesta sexta-feira (13) o presidente americano Barak Obama, citado pela agência Reuters.

Obama se reuniu hoje em Washington com os presidentes da Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia.

"As sanções aplicadas contra a Rússia por causa de suas ações no leste da Ucrânia não podem ser levantadas enquanto a Rússia não cumprir totalmente os acordos de Minsk. As nossas sanções ligadas à Crimeia também serão mantidas, enquanto a Rússia não devolver esse território ao controle da Ucrânia" – diz o documento conjunto emitido no final do encontro.

Bandeira alemã no Bundestag - Sputnik Brasil
Novos apelos na União Europeia ao fim das sanções contra Rússia
Os países também emitiram um comunicado conjunto prometendo dar continuidade ao seu apoio à Ucrânia, deixando claro, no entanto, que essa ajuda somente será mantida mediante esforços de Kiev em acelerar a implementação de uma série de reformas exigidas pelo Ocidente.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала