Palestina pode se juntar a Interpol antes de 2017

© AP Photo / Laurent CiprianiInterpol.
Interpol. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Palestina pode se tornar integrantes da Interpol antes do fim do ano, informou a imprensa neste domingo.

Embaixador da Rússia na ONU, Vitaly Churkin - Sputnik Brasil
Churkin: população palestina em territórios ocupados precisa de proteção internacional
Segundo o portal Bruxelles2, citando fontes da União Europeia, a Palestina tem uma boa chance de passar a integrar a organização policial internacional antes do fim de 2016.

Joeri Van Nuffel, integrante do Escritório de Apoio Policial da União Europeia para a Palestina (EUPOL COPPS), ajudará as autoridades palestinas a preencher os requisitos técnicos e legislativos exigidos pela Interpol. Nuffel ficará encarregado de criar moldes legais para a troca de informações segura entre a Palestina e a Interpol, entre outras coisas.

Em agosto do ano passado, a Palestina protocolou pedido para se juntar à Interpol, maior organização internacional de polícia do mundo, continuando sua campanha para o reconhecimento internacional de seu Estado.

O Estado da Palestina é reconhecido por 137 países, inclusive pela Rússia, e já se juntou a várias organizações internacionais como a Corte Criminal Internacional e a UNESCO.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала