Skrunda-1: A base soviética secreta que se tornou cidade fantasma

Nos siga noTelegram
Skrunda-1 foi uma cidade soviética secreta localizada na atual Letônia, onde foram instalados dois poderosos radares de alerta antecipado.

Após a desintegração da União Soviética as instalações de radar deixaram de funcionar e foram desmanteladas, e a cidade de Skrunda-1 se tornou uma cidade fantasma… e uma destinação popular para os turistas.

© REUTERS / Ints KalninsUma imagem geral da cidade fantasma da antiga estação soviética de radares perto de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
Uma imagem geral da cidade fantasma da antiga estação soviética de radares perto de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016 - Sputnik Brasil
1/11
Uma imagem geral da cidade fantasma da antiga estação soviética de radares perto de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
© REUTERS / Ints KalninsUm homem tira fotos em pavilhão esportivo perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016. As palavras em russo pintadas na parede significam “Vitória começa aqui”
Um homem tira fotos em pavilhão esportivo perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016. As palavras em russo pintadas na parede significam “Vitória começa aqui” - Sputnik Brasil
2/11
Um homem tira fotos em pavilhão esportivo perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016. As palavras em russo pintadas na parede significam “Vitória começa aqui”
© REUTERS / Ints KalninsUma menina anda pelo hospital abandonado na cidade fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
Uma menina anda pelo hospital abandonado na cidade fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016 - Sputnik Brasil
3/11
Uma menina anda pelo hospital abandonado na cidade fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
© REUTERS / Ints KalninsUm caderno com dados pessoas de militares soviéticos foi deixado no chão de um prédio abandonado na cidade fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia. Foto tirada em 9 de abril, 2016
Um caderno com dados pessoas de militares soviéticos foi deixado no chão de um prédio abandonado na cidade fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia. Foto tirada em 9 de abril, 2016 - Sputnik Brasil
4/11
Um caderno com dados pessoas de militares soviéticos foi deixado no chão de um prédio abandonado na cidade fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia. Foto tirada em 9 de abril, 2016
© REUTERS / Ints KalninsUm grupo de pessoas passam por um prédio abandonado da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
Um grupo de pessoas passam por um prédio abandonado da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016 - Sputnik Brasil
5/11
Um grupo de pessoas passam por um prédio abandonado da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
© REUTERS / Ints KalninsUma menina olha do balcão do bloco de apartamentos na cidade-fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
Uma menina olha do balcão do bloco de apartamentos na cidade-fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016 - Sputnik Brasil
6/11
Uma menina olha do balcão do bloco de apartamentos na cidade-fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
© REUTERS / Ints KalninsPessoas andam pelo ginásio na cidade-fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
Pessoas andam pelo ginásio na cidade-fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016 - Sputnik Brasil
7/11
Pessoas andam pelo ginásio na cidade-fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
© REUTERS / Ints KalninsTuristas ouvem um guia (R) durante um passeio turístico na cidade fantasma sede de antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
Turistas ouvem um guia (R) durante um passeio turístico na cidade fantasma sede de antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016 - Sputnik Brasil
8/11
Turistas ouvem um guia (R) durante um passeio turístico na cidade fantasma sede de antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
© REUTERS / Ints KalninsUm jornal dos tempos soviéticos em russo fica na parede do apartamento abandonado na cidade-fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
Um jornal dos tempos soviéticos em russo fica na parede do apartamento abandonado na cidade-fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016 - Sputnik Brasil
9/11
Um jornal dos tempos soviéticos em russo fica na parede do apartamento abandonado na cidade-fantasma da antiga estação soviética de radares perto da cidade de Skrunda, Letônia, 9 de abril, 2016
© REUTERS / Ints KalninsUm homem tira fotos na sala de um ginásio abandonado na cidade fantasma de Skrunda-1, Letônia, 9 de abril, 2016
Um homem tira fotos na sala de um ginásio abandonado na cidade fantasma de Skrunda-1, Letônia, 9 de abril, 2016 - Sputnik Brasil
10/11
Um homem tira fotos na sala de um ginásio abandonado na cidade fantasma de Skrunda-1, Letônia, 9 de abril, 2016
© REUTERS / Ints KalninsCortina vermelha perante uma janela quebrada na cidade fantasma de Skrunda-1, Letônia, 9 de abril, 2016
Cortina vermelha perante uma janela quebrada na cidade fantasma de Skrunda-1, Letônia, 9 de abril, 2016 - Sputnik Brasil
11/11
Cortina vermelha perante uma janela quebrada na cidade fantasma de Skrunda-1, Letônia, 9 de abril, 2016
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала