Forças Armadas da Síria rechaçam grande ataque de militantes em Aleppo

© AP Photo / Manu BraboDistrito de Saif Al Dawla, em Aleppo, Síria
Distrito de Saif Al Dawla, em Aleppo, Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Exército e as milícias sírias rechaçaram um grande ataque da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia) e seus aliados contra a cidade de Aleppo, disse à RIA Novosti uma fonte da milícia.

Cidade de Aleppo vista de um prédio arruinado - Sputnik Brasil
Frente al-Nusra ataca Aleppo lançando 60 mísseis
Segundo a fonte, os terroristas e seus aliados estão atacando Aleppo do lado da zona onde se situam instituições científicas. A Força Aérea síria apoia o Exército e as milícias, disse ele.
Antes do início da ofensiva, os terroristas bombardearam com mísseis as áreas habitadas da cidade, vários mísseis caíram no hospital Dabbit, matando mais de 20 pessoas.

Anteriormente, a fonte também informou sobre outro ataque contra Aleppo, quando militantes atacaram a cidade a partir de cinco direções ao mesmo tempo, mas recuaram depois das operações da aviação.

U.N. mediator for Syria, Staffan de Mistura gives a news conference at the end of the Syria peace talks at the United Nations in Geneva, Switzerland, March 24, 2016 - Sputnik Brasil
ONU: reunião do Conselho de Segurança pode preceder novas negociações sobre Síria
De acordo com o Exército sírio, os assaltos a Aleppo se intensificaram em uma altura em que decorrem negociações sobre o regime de cessar-fogo na província.

O cessar-fogo mediado pela Rússia e pelos EUA entrou em vigor em toda a Síria em 27 de fevereiro com o apoio de Damasco, bem como de dezenas de grupos da oposição armada. A Frente al-Nusra e o Daesh (Estado Islâmico), entretanto, não fazem parte do acordo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала