Cometa sem cauda de passado antigo da Terra faz retorno

© ESO/L. CalçadaC/2014 S3 comet
C/2014 S3 comet - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um time de astrônomos descobriu um cometa único e rochoso que não tem cauda.

Philae - Sputnik Brasil
Cientistas tentarão hoje ‘acordar’ Philae no cometa Churyumov–Gerasimenko
O cometa, chamado de C/2014 S3, foi descoberto originalmente pelo Telescópio de Pesquisa Panorâmica e Sistema de Resposta Rápida (Pan-STARRS) em 2014.

A maioria dos cometas são formados por gelo e outras substâncias congeladas. Diferentemente, este corpo celestial é composto de materiais rochosos. Além disso, este cometa em particular não tem cauda, o que levou os astrônomos a chamá-lo de Manx, uma raça de gatos sem rabo.

Segundo as descobertas dos pesquisadores, que foram publicadas na revista científica Science Advances, o cometa provavelmente foi formado na mesma região que a Terra, bilhões de anos atrás, e foi ejetado à nuvem Oort — um anel de detritos de gelo envolvendo a mais externa margem do sistema solar.

“Podemos estar olhando para um material que formou a Terra e que foi ejetado da parte interna do sistema solar e preservada por bilhões de anos na nuvem Oort”, consideram os pesquisadores.

Os astrônomos acreditam que a composição do cometa pode fornecer respostas valiosas para questões antigas sobre a formação do sistema solar e sua evolução.


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала