Vai ao mar! Vikings modernos rumam à América

© Foto / Youtube/ Draken Harald Hårfagre A cerimônia em Avaldsnes realizada em 23 de abril marcou o início de Expedition America 2016
A cerimônia em Avaldsnes realizada em 23 de abril marcou o início de Expedition America 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Passaram já centenas de anos desde a primeira viagem de Leif Eriksson, navegador norueguês que descobriu a América antes de Colombo. Hoje, um grupo de marinheiros escandinavos está planejando realizar a mesma viagem perigosa para cruzar o Atlântico.

O maior navio viking da época moderna está se preparando para zarpar e começar a viagem arriscada através do Atlântico. O navio foi chamado Dragon Harald Fairhair, em honra do rei Harald Harfagre, que uniu a Noruega em 900. Estava previsto sair da aldeia de Avaldsnens no passado domingo mas, por causa do tempo, a viagem foi adiada.

“Precisamos esperar um pouco por o momento certo para passar entre duas frentes de baixa pressão, que foi o que os vikings tinham feito na altura”, disse  o capitão do navio sueco Bjorn Ahlander à agência de notícias TT citado por Expressen.

​O navio vai rumar aos EUA via Islândia, Groenlândia, Terra Nova, para comemorar a famosa viagem de Leif Eriksson e dos seus companheiros vikings. De acordo com Bjorn Ahlander, que antes trabalhava como gerente da plataforma, em Gotemburgo, o dia de saída é um dos pontos críticos da passagem segura através do Atlântico.

"Temos apenas um mês, porque o intervalo de tempo mais ou menos seguro em áreas de baixa pressão e ventos fortes é maio. Neste mês, você tem uma boa chance de cruzar o oceano em segurança" disse Ahlander.

Apesar de ser seguido por uma embarcação de salvamento, a tripulação de 33 homens e mulheres não deverão ter dias fáceis durante a viagem.

"Nós vamos passar pelas águas mais perigosas do mundo, inclusive a ponta sul da Groenlândia, com abundância de blocos de gelo e frios rigorosos. Nós não temos nenhuma proteção, o navio é aberto. Se algo acontecer, não é piada nenhuma," disse  Ahlander.

​O Dragon Harald Fairhair está equipado com instrumentos modernos da navegação e também com instrumentos antigos como, por exemplo, uma bússola magnética.

"Como a eletrônica e a água salgada não são os melhores amigos, então, esperamos que os métodos de navegação dos vikings desde a Idade Média ainda funcionem”, acrescenta Bjorn Ahlander.

Depois de atravessar o Atlântico, a tripulação tem  planos de visitar o Canadá, o Quebec e Toronto. Nos EUA, o Dragon Harald Fairhair lançará  âncora nos portos de Chicago e Nova York.

​O Dragon Harald Fairhair é feito do carvalho, tem 35 metros da proa à popa. O navio tem uma largura de 8 metros, a altura de mastro é de 24 metros e uma vela de seda com 260 metros quadrados.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала