Síria está sitiada graças à sanções da UE, dos EUA e dos países árabes

© AFP 2022 / SALVATORE DI NOLFIBashar al-Jaafari fala na sede das Nações Unidas em Genebra depois do seu encontro com Staffan de Mistura, em 14 de março de 2016
Bashar al-Jaafari fala na sede das Nações Unidas em Genebra depois do seu encontro com Staffan de Mistura, em 14 de março de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Síria está sitiada graças à sanções unilaterais da UE, dos EUA e dos países árabes, que contradizem as resoluções do Conselho de Segurança da ONU, declarou o chefe da delegação do governo sírio nas negociações em Genebra, o representante permanente da Síria na ONU, Bashar Jaafari.

Newly-appointed French Foreign Minister Jean-Marc Ayrault reacts as he attends a news conference during the official handover ceremony at the Quai d'Orsay, Ministry of Foreign Affairs, in Paris, France, February 12, 2016. - Sputnik Brasil
Chanceler francês em Moscou: solução política da crise síria é possível
"Toda Síria, na realidade, está sitiada, graças à injustas sanções europeias, americanas e árabes, que contradizem os instrumentos da ONU", disse o diplomara sírio. 

Jaafari foi questionado por jornalistas, segundo os quais Damasco estaria negando às organizações internacionais acesso à cidades sitiadas. O diplomata disse que, nesta quarta-feira, encaminhou para o escritório do enviado especial da ONU para Síria, Staffan de Mistura, uma lista de cidades, às quais o acesso de organizações humanitárias estaria liberado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала