Senadores americanos: Arábia Saudita patrocinou atentado de 9/11

© AP Photo / Marty LederhandlerIn this Sept. 11, 2001, file photo, the twin towers of the World Trade Center burn behind the Empire State Building in New York.
In this Sept. 11, 2001, file photo, the twin towers of the World Trade Center burn behind the Empire State Building in New York. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A senadora do Estado de Nova York, Kirsten Gillibrand, e o ex-senador, Bob Graham, apelaram ao presidente Barack Obama para fazer uma parte do relatório sobre 9 de setembro de 2001 entrar em domínio público, escreve o jornal britânico Independent.

O documento foi preparado em 2003 pela comissão do Congresso e contém mais de 800 páginas, mas as últimas 28 páginas foram classificadas.

Na entrevista ao canal televisivo CBS, Bob Graham, que tinha sido co-presidente da comissão, alegou que os documentos continham provas de que altos funcionários da Arábia Saudita estavam diretamente envolvidos nos ataques de 9/11, e inclusive ajudaram os terroristas a se tornarem piloto.

“Existem cada vez mais provas, não só nas 28 páginas, mas há também outras evidências que apontam para a participação saudita dos atentados de 11 de setembro”, disse Bob Graham ao FoxNews.

Barack Obama já recebeu muitas vezes pedidos para passar a informação para o domínio público. Há dois anos, Graham perguntou ao presidente quanto tempo levaria para que essa decisão fosse feita. Graham diz que o presidente Obama disse "um ou dois meses".

A senadora Kirsten Gillibrand opina que o presidente tem de fazer passar as 28 páginas ao domínio público antes da visita à Arábia Saudita agendada para 21 de abril.

Osama bin Laden - Sputnik Brasil
Al-Qaeda revela inspiração originária de Bin Laden para o 11/9
Riad oficial chamou a notícia da CBS de uma “compilação dos fatos”. A Casa Branca admitiu a necessidade de mais transparência mas notou que era necessário “proteger os dados classificados que têm a significância crítica para a segurança nacional”.

Em 11 de setembro de 2001 terroristas que tinham ligações com a Al-Qaeda sequestraram quatro aeronaves comerciais que fizeram colidir contra o World Trade Center e o Pentágono, matando de cerca de 3 mil pessoas.

O quarto avião que era dirigido ao Capitólio dos Estados Unidos caiu na Pensilvânia depois de os passageiros terem tentado retomar o controle da aeronave.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала