Navio de pesquisa russo completa missão na Antártida visitando Lisboa

© Sputnik / Vitaly Ankov / Abrir o banco de imagensNavio de pesquisa russo Admiral Vladimirsky no porto de Vladivostok, Rússia (foto de arquivo)
Navio de pesquisa russo Admiral Vladimirsky no porto de Vladivostok, Rússia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O navio de pesquisa oceanográfica da Marinha russa Admiral Vladimirsky visitou Lisboa retornando de uma expedição à Antártida, disse aos jornalistas o representante da Marinha russa Igor Dygalo.

“Durante a estadia do navio Admiral Vladimirsky no porto de Lisboa entre 3 e 5 de abril o navio foi visitado pelo embaixador russo na República de Portugal Oleg Belous. O capitão do navio Aleksandr Pyshkin e o chefe da viagem capitão de 2ª classe Dmitry Puntus realizaram uma visita de protocolo ao comandante de forças operativas da Marinha de Portugal que foi representado pelo comandante da zona marítima dos Açores, Comodoro Fernando Jorge Ferreira Seuanes, e conselheiro diplomático da prefeitura da capital, António Santana Carlos”, disse Dygalo.

Ele frisou que o navio russo foi visitado em Lisboa pelo diretor do instituto hidrográfico da Marinha portuguesa, contra-almirante António Manuel de Carvalho Coelho Cândido e por oficiais de bases militares da Marinha de Portugal.

© Sputnik / André MestreAdmiral Vladimirsky no porto de Lisboa.
Admiral Vladimirsky no porto de Lisboa - Sputnik Brasil
1/5
Admiral Vladimirsky no porto de Lisboa.
© Sputnik / André MestreTripulação de Admiral Vladimirsky passeia pelo porto de Lisboa em 4 de abril de 2016.
Tripulação de Admiral Vladimirsky passeia pelo porto de Lisboa em 4 de abril de 2016 - Sputnik Brasil
2/5
Tripulação de Admiral Vladimirsky passeia pelo porto de Lisboa em 4 de abril de 2016.
© Sputnik / André MestreO deque do navio Admiral Vladimirsky, no porto de Lisboa em 4 de abril de 2016.
O deque do navio Admiral Vladimirsky, no porto de Lisboa em 4 de abril de 2016 - Sputnik Brasil
3/5
O deque do navio Admiral Vladimirsky, no porto de Lisboa em 4 de abril de 2016.
© Sputnik / André MestreA Sputnik conseguiu ver o navio não só de perto, mas também de dentro. Na foto: equipamento de radar no Admiral Vladimirsky.
A Sputnik conseguiu ver o navio não só de perto, mas também de dentro. Na foto: equipamento de radar no Admiral Vladimirsky - Sputnik Brasil
4/5
A Sputnik conseguiu ver o navio não só de perto, mas também de dentro. Na foto: equipamento de radar no Admiral Vladimirsky.
© Sputnik / André MestreUma pessoa convidada para ver o navio Admirla Vladimirsky, em 4 de abril de 2016, em Lisboa, está junto a equipamento e mapa interativo.
Uma pessoa convidada para ver o navio Admirla Vladimirsky, em 4 de abril de 2016, em Lisboa, está junto a equipamento e mapa interativo - Sputnik Brasil
5/5
Uma pessoa convidada para ver o navio Admirla Vladimirsky, em 4 de abril de 2016, em Lisboa, está junto a equipamento e mapa interativo.
1/5
Admiral Vladimirsky no porto de Lisboa.
2/5
Tripulação de Admiral Vladimirsky passeia pelo porto de Lisboa em 4 de abril de 2016.
3/5
O deque do navio Admiral Vladimirsky, no porto de Lisboa em 4 de abril de 2016.
4/5
A Sputnik conseguiu ver o navio não só de perto, mas também de dentro. Na foto: equipamento de radar no Admiral Vladimirsky.
5/5
Uma pessoa convidada para ver o navio Admirla Vladimirsky, em 4 de abril de 2016, em Lisboa, está junto a equipamento e mapa interativo.

Outras visitas incluem as dos funcionários da embaixada russa em Portugal com suas famílias, representantes da Associação dos compatriotas Mir e a Associação de amizade Yuri Gagarin, estudantes da Primeira escola eslava de Lisboa. Uma destas visitas foi organizada com o apoio da agência russa Rossotrudnichestvo (Agência Federal para Assuntos da Comunidade dos Estados Independentes, Compatriotas Residentes no Estrangeiro e Cooperação Humanitária Internacional).

Mosteiro da Trindade-São Sérgio, região de Moscou, Rússia, janeiro de 2016 - Sputnik Brasil
Mídia portuguesa muda de tom em relação à Rússia
A tripulação do navio e os participantes da expedição tiveram a oportunidade, por sua parte, de visitar locais históricos e culturais da cidade.

“Tendo completado as suas reservas, o navio continuou a sua viagem rumo a Kronshtadt onde chegará em meados de abril”, disse o representante da Marinha russa.

Durante a expedição de 2015-2016 o Admiral Vladimirsky passou mais de 30 mil milhas náuticas pelo itinerário determinado com antecedência.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала