Moody's: América Latina seguirá sentindo impacto dos baixos preços das matérias-primas

© AFP 2022 / EMMANUEL DUNANDMoody's
Moody's - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A agência de classificação de crédito Moody's antecipou uma mudança estrutural nas tendências de crescimento da América Latina, em um cenário com um longo período de preços baixos para as matérias-primas.

Cédulas de dólar - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Balança comercial registra melhor resultado para o mês de março da série histórica
Segundo as estimativas dos especialistas, a tendência é a de que o crescimento da maioria dos exportadores de commodities da região baixe em um ponto percentual entre 2016 e 2020, em comparação à expansão entre 2000 e 2015. 

"Os perfis de crédito soberano da América Latina poderiam se deteriorar se os fracos desempenhos econômicos se prolongarem mais do que o antecipado ou se as recuperações não se materializarem no Caribe. Nesse cenário, as métricas fiscais poderiam se deteriorar significativamente e colocar pressão sobre as classificações", informou a Moody's em comunicado oficial. 

De acordo com a agência, os baixos preços das matérias-primas, além de atingirem os produtores, também provocam uma diminuição das receitas fiscais e dos investimentos estrangeiros.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала