Ataques aéreos russos destroem 158 alvos terroristas em Palmira

© Sputnik / Mikhail Voskresenskiy / Abrir o banco de imagensHistoric city of Palmyra
Historic city of Palmyra - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Aviões de combate da Rússia realizaram 40 missões em Palmira durante as últimas 24 horas e destruíram 158 alvos, eliminando mais de cem militantes, segundo o Ministério da Defesa russo.

Posições do Exército sírio perto de Palmira, Síria - Sputnik Brasil
Veja o que resta de Palmira (VÍDEO)
“Perto de Tadmor, as Forças Aeroespaciais russas realizaram 40 missões nas últimas 24 horas. Disparos foram feitos contra 158 alvos terroristas, matando mais de 100 militantes e destruindo quatro tanques, três sistemas de artilharia, quatro depósitos de munição e cinco unidades de veículos motorizados”, diz o boletim diário publicado no site do Ministério da Defesa da Rússia.

A ofensiva do exército sírio na cidade de Palmira, com objetivo de retomá-la de terroristas do Daesh, começou na quinta-feira. Na sexta, unidades do exército sírio e de milícias retomaram o Castelo de Palmira. A cidade é considerada chave no avanço rumo a Raqqa, no leste da Síria, dominada pelo Daesh.

A cidade de Palmira e suas ruínas históricas estão sob controle do grupo terrorista desde maio de 2015. O Daesh destruiu parte de suas ruínas, que são consideradas pela UNESCO como patrimônio mundial da humanidade.

Terroristas de Frente Nusra dispararam 23 morteiros em Aleppo, matando dois civis, declarou também o Ministério. Ainda segundo o boletim, moradores de Aleppo relataram a chegada de cerca de 200 militantes na vila de Haritan. Eles estavam armados com metralhadoras e morteiros.

O centro de reconciliação russo para a Síria registrou nove violações do cessar-fogo nas últimas 24 horas. O Ministério apontou que uma área populada de Idblib foi bombardeada. Um civil ficou ferido.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала