Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Que trégua nenhuma!'

© Sputnik / StringerUm homem indica ao fotógrafo as consequências de um ataque aéreo da coalizão saudita no Iêmen
Um homem indica ao fotógrafo as consequências de um ataque aéreo da coalizão saudita no Iêmen - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Ministério da Defesa do Iêmen não recebeu informações sobre um cessar-fogo no país.

A Sputnik contatou a pasta para saber se foi alcançada uma trégua, anunciada pela mídia no domingo.

"Nada mudou, os combates continuam. Não há nenhuma trégua até o momento", frisou a fonte, que preferiu ficar anônima.

No domigo, vários jornais e emissoras da península Árabe divulgaram informações alegando que uma trégua teria sido assianda entre as forças do presidente do Iêmen, Abd Rabbo Mansour Hadi, e as forças dos rebeldes Houthis. O objetivo regime de cessar-fogo teria sido a visita do enviado especial das Nações Unidas para o Iêmen, Ismail Ould Abdel Salam.

Mais cedo, o secretário de imprensa do movimento Ansar Allah (que representa os Houthis), Muhammed Abdel Salam, tinha dito que as suas forças esavam mantendo negociações "ativamente" com a Arábia Saudita para pôr fim à guerra nesse país.

Há um ano, começava o conflito no Iêmen, com a fuga do presidente Hadi para a Arábia Saudita e a intervenção militar desse país (pedida por Hadi). A Arábia Saudita não era o único país a fazer hostilidades no vizinho. O Bahrein, os EAU, o Kuwait e o Qatar também manifestaram o seu desejo de explir os Houthis do país.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала