Insetos holandeses ilegais apreendidos em Moscou voltam à Holanda

© Sputnik / Igor Ageyenko / Abrir o banco de imagensAbelhas no colmeal na região de Amur, Rússia
Abelhas no colmeal na região de Amur, Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os especialistas do Rosselkhoznadzor (Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária), retornaram aos fornecedores da Holanda um partido de insetos (436 peças) a entrada dos quais não foi autorizada, diz-se no comunicado do serviço.

“Em 14 de março de 2016 os funcionários da direção do Rosselkhoznadzor por Moscou, a região de Moscou e a região de Tula suspendeu no aeroporto Domodedovo o processo de formalização do partido de insetos <…> que chegaram da Holanda”, destaca-se no comunicado.

Centro de cuidado de abelhas americano Bayer, foto de arquivo 15 de setembro 2015 - Sputnik Brasil
Relatório das Nações Unidas alerta: humanidade pode desaparecer sem abelhas
A razão de impedimento foi a ausência da autorização do Rosselkhoznadzor de importar os insetos para a Rússia e documentos necessários.

O comunicado não diz nada nem sobre o objetivo de importar insetos, nem sobre o seu produtor. A espécie dos insetos também não está indicada.

Mais cedo nesta semana, o serviço informou sobre o impedimento de importar cerca de 40 milhões de insetos do Reino Unido.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала