Kremlin lamenta 'demonização da Rússia' na campanha eleitoral americana

© AP Photo / Mark ZaleskiRepublican presidential candidate Donald Trump speaks at an event.
Republican presidential candidate Donald Trump speaks at an event. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Kremlin lamenta que a ‘demonização da Rússia’ seja um atributo obrigatório da campanha eleitoral norte-americana. Quem afirma é o porta-voz presidencial russo, Dmitry Peskov, ao comentar o vídeo de campanha do candidato republicano Donald Trump.

Republican presidential candidate Donald Trump speaks to his supporters at a campaign event in Tampa, Fla. - Sputnik Brasil
Trump usa imagem de Putin na sua campanha eleitoral
"Eu já vi esse vídeo. Ainda não sei se Vladimir Putin chegou a ver. Não é segredo pra ninguém entre nós que a "demonização da Rússia" e tudo o que está ligado à Rússia, infelizmente, é uma característica essencial da campanha eleitoral americana. Nós sempre lamentamos sinceramente isto e desejamos que os processos eleitorais não aconteçam se referindo assim ao nosso país", disse Peskov.

Anteriormente, Trump publicou um vídeo de campanha eleitoral usando imagens do presidente Vladimir Putin. 

Um vídeo publicado por Donald J. Trump (@realdonaldtrump) em Mar 16, 2016 às 9:15 PDT

No início do vídeo aparece a frase “Quando nós enfrentamos os adversários mais duros…” e corta para uma cena de Putin aplicando um golpe de judô. Em seguida um homem vestido de preto atirando com um revólver na direção do espectador e a frase “Os democratas têm uma ótima resposta”, e aparece a Hillary Clinton imitando um cachorro, seguida um vídeo do presidente russo rindo ironicamente. 

Trump havia declarado anteriormente a sua disponibilidade para estabelecer relações com a Rússia. Vladimir Putin, em seguida, congratulou-se com a sua intenção e chamou Trump "líder absoluto da corrida presidencial". 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала