Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

2 mil pessoas serão expostas a vacina russa

© Sputnik / Aleksandr Khrebtov / Abrir o banco de imagensFuncionários do Ministério para Situações de Emergência da Rússia apresentam um avião dedicado especialmente à transportação de infectados de ebola
Funcionários do Ministério para Situações de Emergência da Rússia apresentam um avião dedicado especialmente à transportação de infectados de ebola - Sputnik Brasil
Nos siga no
As autoridades da Federação da Rússia afirmaram estar prontas para começar os testes de campo da vacina russa contra o ebola.

Nesta terça-feira (15), a ministra da Saúde da Rússia, Veronika Skvortsova, anunciou que o país destinou verbas para tratar a vacina 2.000 cidadãos da Guiné-Conakry.

Falando em uma conferência em Moscou, a ministra não mencionou o montante exato das verbas.

Mas precisou que os testes irão ser realizados no terceiro trimestre do ano na sede do Centro de Pesquisa e Diagnóstico Epidemiológico e Microbiológico, construído pela empresa russa Rusal no país africano.

A Guiné foi um dos países que mais sofreram do surto de ebola que começou em dezembro de 2013 e levou à morte de mais de 11.000 pessoas nesse país, na Libéria e na Serra Leoa. Casos separados registravam-se na Espanha e em outros países. O medo provocou pânico no Brasil e até na Rússia, quando uns pacientes com diagnósticos imprecisos foram colocados em quarentena com suspeita de ebola.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала