Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Nada muda: grandes potências continuam contribuindo para ameaça terrorista

© Foto / ScreenshotBandeira do Daesh (Estado Islâmico)
Bandeira do Daesh (Estado Islâmico) - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Ocidente usa alguns grupos radicais como instrumento para interferir nos assuntos internos de outros países. Isso explica a prorrogação do terrorismo no mundo, disse o diretor adjunto do Departamento de Novos Desafios e Ameaças da Chancelaria russa, Vladimir Andreyev.

Presidente russo Vladimir Putin encontra-se com o líder da Síria Bashar Assad em 30 de outubro 2015, em Moscou - Sputnik Brasil
Assad agradece a Putin por ajuda na luta contra terrorismo
Os países ocidentais, liderados pelos EUA, consideram e continuam considerando as organizações terroristas como um dos instrumentos para interferir nos assuntos internos de certos países, desestabilizar a situação e mudar regimes inconvenientes, disse Andreyev na palestra na sede da agência de notícias Rossiya Segodnya na terça-feira (15).

“Os grupos terroristas foram e ainda são considerados por certos países – os ocidentais liderados pelos EUA – em certas situações como um instrumento adequado para interferir nos assuntos internos dos outros países, estimular conflitos e desestabilizar ou mudar regimes inconvenientes”, disse Andreyev.

Protesters carry Nusra Front flags and shout slogans during an anti-government protest after Friday prayers in the town of Marat Numan in Idlib province, Syria, March 11, 2016 - Sputnik Brasil
Frente Nusra bombardeia duas províncias sírias e deixa dez mortos
O diplomata sublinhou que o fator principal de crescimento de terrorismo e dos mercenários estrangeiros é “uma política direta e consciente de países concretos”, que pensam que certos grupos terroristas podem ser usados para “atingir os seus objetivos políticos e geopolíticos”.

“A questão principal é que o terrorismo deixou a ser sequestros pontuais de aviões para se tornar uma ameaça real à paz e segurança internacionais”, disse Andreyev.

Isso aconteceu porque a ameaça de terrorismo não foi encarada como global e foi menosprezada.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала