- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Governo e oposição reagem ao pedido de prisão preventiva de Lula

© AGE / Marcos de PaulaLula, em ato de defesa da Petrobras.
Lula, em ato de defesa da Petrobras. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ministério Público do Estado de São Paulo pediu na última quinta-feira (10) a prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de outras seis pessoas, alegando crimes de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica sobre o apartamento triplex, em Guarujá (SP). Tanto o governo quanto a oposição criticaram a decisão.

Presidenta Dilma Rousseff durante pronunciamento no Palácio do Planalto nesta sexta-feira, 4 de março - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Dilma critica ação contra Lula em discurso no Palácio do Planalto
O vice-presidente do PSDB, deputado Carlos Sampaio, disse que os promotores foram precipitados ao fazer o pedido neste momento. "Com os elementos que eu detenho até agora, não havia razão para o pedido de prisão junto com a denúncia”, disse.

"Os elementos não me levam a crer que Lula está conturbando a instrução criminal, que ele está interferindo no processo penal", afirmou Sampaio. 

Outro expoente da oposição, o deputado Mendonça Filho (DEM-PE), por sua vez, disse defendeer as investigações, mas apontou que não tinha elementos suficientes para se posicionar sobre o pedido."Eu não tenho condições de opinar tecnicamente sobre este pedido de prisão, mas o ex-presidente é cidadão igual a qualquer outro e pode e deve ser investigado", disse.

Já o presidente nacional do PT, Rui Falcão, afirmou que o pedido de prisão preventiva não tem fundamento e é uma “ação midiática”. 

“O pedido de prisão preventiva vai na linha daquilo que vinha sendo feito por esse promotor (Cássio Conserino) e os seus dois parceiros (José Carlos Blat e Fernando Henrique Moraes de Araújo) de, sem provas, denunciar o presidente Lula. Agora, vem essa medida, a meu ver midiática, de pedir a prisão preventiva sem qualquer motivo”, disse Rui Falcão. 

Segundo ele, o promotor não merece credibilidade, pois não tem imparcialidade, criando fatos sem nenhum fundamento legal. 

“Antes mesmo de ouvir qualquer pessoa, o promotor já tinha dito para uma revista que ia denunciar o presidente. Portanto, não merece credibilidade, não tem imparcialidade e acho que nenhum juiz vai aceitar esse pedido, que não tem base, motivo, a não ser projeção e criar fatos sem nenhum fundamento legal. Isso me preocupa, porque estamos criando no país o embrião de um estado de exceção dentro do estado democrático”, frisou o presidente do PT.

O Instituto Lula divulgou uma nota negando novamente que o ex-presidente seja dono do apartamento triplex, alvo das investigações, afirmando que o procurador Cássio Conserino usa a investigação para fins políticos. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала