Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Faltam apenas 7% do território à reconquista completa de Latakia

© Sputnik / Ilya Pitalev / Abrir o banco de imagensArtilharia do Exército sírio realizam ações militares contra terroristas nos arredores da cidade de Mhin, Síria, 20 de fevereiro de 2016
Artilharia do Exército sírio realizam ações militares contra terroristas nos arredores da cidade de Mhin, Síria, 20 de fevereiro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Exército sírio e as Forças de Defesa Nacional (FDN) do país libertaram uma série de regiões estratégicas no nordeste da província de Latakia no oeste da Síria.

Várias áreas foram libertadas pelo Exército sírio e as FDN na província de Latakia. Dezenas de terroristas foram mortos e ainda mais ficaram feridos na batalha.

Soldado do Exército sírio nos arredores da cidade de Mhin, Síria, 20 de fevereiro de 2016 - Sputnik Brasil
Tropas sírias retomam cidade estratégica na rota de abastecimento de Aleppo
As tropas sírias conseguiram expulsar terroristas da vila de Barza al-Tahtani, bem como regiões de Katef al-Zaitona, Daher Sando, Tal Ghweirat e Jabal Abu Ali em Latakia, segundo a agência noticiosa iraniana FARS.

O Exército sírio e as FDN retomaram o controle do monte estratégico 458 em Latakia eliminando um grande número de terroristas, disse a FARS.

De acordo com a agência, cerca de 7% da província de Latakia ainda estão sob o controle dos militantes islamistas. Entretanto, durante os últimos meses as tropas sírias conseguiram reconquistar mais de 100 vilas em Latakia.

Soldado sírio perto de Latakia - Sputnik Brasil
Exército sírio obtém mais uma vitória em Latakia
A Síria está mergulhada na guerra civil desde 2011. O governo do país luta contra um número de facções de oposição e contra grupos islamistas radicais como o Daesh (também conhecido como “Estado Islâmico”) e a Frente al-Nusra.

Na segunda-feira (22) foi publicada a declaração conjunta dos EUA e da Rússia sobre a Síria, segundo a qual o cessar-fogo entre as tropas do governo sírio e os grupos armados da oposição deve começar em 27 de fevereiro, sem ser o mesmo, no entanto, aplicado ao Daesh, Frente al-Nusra e outras organizações que a ONU considera como terroristas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала